Eleições Primárias

A desempregada, o bombeiro e o pescador. Os notáveis de Seguro

Para a candidatura de António José Seguro, os notáveis são "todos os portugueses". Em campanha para as primárias, Seguro divulga vídeos: o último foi um pescador de Caxinas.

O pescador de Caxinas foi o último notável de Seguro

António Costa apresenta quatro históricos socialistas e 80 presidentes de câmara como os notáveis que o apoiam na candidatura a candidato a primeiro-ministro pelo PS. António José Seguro começou por apresentar três notáveis… Uma jovem desempregada, um bombeiro e um pescador.

A estratégia de Seguro é essa mesma: dizer que com ele, estão as bases do PS. E lançou uma campanha no Facebook com anónimos que o apoiam, em vídeos diferentes, em que o líder do PS e candidato às primárias de dia 28 aparece em conversas com os intervenientes sobre os seus problemas.

Adriana tem 22 anos. É uma jovem que acabou o curso e não tem emprego. E Seguro apresentou-a como a primeira notável, com um estilo pedagógico, num comício da sua campanha: “A Adriana está ali sentada ao meu lado direito. Tem 22 anos. Acabou um curso superior. E como ela há milhares e milhares de jovens. Procura agora um emprego, uma oportunidade de trabalho”.

Adriana foi apenas a primeira a servir de personagem para os vídeos. Agora, depois da apresentação dos históricos socialistas que apoiam António Costa – Jorge Sampaio, Almeida Santos, Manuel Alegre e Vera Jardim – a campanha de Seguro intensificou a rubrica e em dois dias apresentou mais dois notáveis: um bombeiro e um pescador de Caxinas.

Mário Costa, bombeiro, conta a história de vida, diz como custa a vida aos bombeiros: “Os meus heróis são os homens e mulheres que fazem parte deste corpo de bombeiros”. Fala da floresta e das leis feitas e depois conversa com Seguro, sempre com música dramática como pano de fundo.

Seguro fala-lhe das preocupações que tem com a floresta. Diz que é preciso criar um “cluster” das florestas, para criar “rentabilidade”. Apesar de saber que está a ser filmado como apoiante de António José Seguro, Mário Costa em nenhum momento fala do líder do PS nem apela ao voto.

O mesmo faz o pescador de Caxinas. O pescador começa por contar a sua história: “O mar para mim tanto foi amigo como meu inimigo” e aventura-se por momentos em críticas ao Governo: “O governo… os governo viraram as costas aos pescadores”.

Depois do testemunho feito e das imagens em slow motion, aparece Seguro na conversa. Os dois falam dos problemas ligados à pesca e o candidato às primárias explica o que propõe sobre o tema: “Está a ver, não é justo. Devem haver regras iguais para os pescadores portugueses e espanhóis”.

Adriana foi a primeira e rendeu mais de quatro mil visualizações à nova estratégia de campanha de Seguro. Os outros não tiveram ainda tempo para ter igual sorte. O bombeiro foi visto 12 vezes (foi lançado há dois dias) e o do pescador ainda só tinha meia dúzia de visualizações (tendo sido colocado na tarde desta quinta-feira).

 

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site