Logo Observador
YouTube

E os vídeos musicais mais vistos em 2014 no Youtube são…

Os vídeos de música são os que atraem mais visitas ao Youtube. Com o final do ano a aproximar-se, a plataforma divulgou o top 10 dos vídeos mais vistos de 2014.

Sem ter lançado nenhum álbum em 2014, Katy Perry conseguiu ser a cantora com a música mais vista do ano

716 milhões de visualizações fizeram do vídeo “Dark Horse”, de Katy Perry, o vídeo musical mais visto de 2014. Em comparação com os vídeos colocados por particulares e media tradicionais, os vídeos musicais ganham por vários milhões de visualizações. No top 10 divulgado esta terça-feira pelo Youtube estão ainda Enrique Iglesias, Shakira, Iggy Azalea e Taylor Swift.

O vídeo em ambiente egípcio de Katy Perry com o rapper Juicy J chegou ao Youtube em fevereiro e conseguiu o lugar cimeiro dos videoclips mais vistos de 2014.

Enrique Iglesias também tem razões para sorrir. “Bailando” foi, seguramente, uma das músicas mais ouvidas deste ano e o vídeo original espanhol (existe uma versão portuguesa com Mickael Carreira) reuniu 588 milhões de visualizações.

O terceiro é ocupado por Shakira e o quarto lugar… Também. Para cantar “Can’t Remember to Forget You”, a cantora colombiana chamou Rihanna e as duas atraíram 443 milhões de visitas. Somando os 418 milhões conseguidos com o vídeo da música oficial do Mundial de futebol do Brasil, que cantou com Carlinhos Brown, Shakira termina 2014 com um total de 861 milhões de visualizações em apenas dois vídeos. “Shakira, Shakira”.

Eis o top de vídeos musicais de 2014:

1. Katy Perry – Dark Horse
2. Enrique Iglesias – Bailando (Español) ft. Descemer Bueno, Gente De Zona
3. Shakira – Can’t Remember to Forget You ft. Rihanna
4. Shakira – La La La (Brazil 2014) ft. Carlinhos Brown
5. Jason Derulo – “Wiggle” feat. Snoop Dogg
6. Iggy Azalea – Fancy (Explicit) ft. Charli XCX
7. Sia – Chandelier
8. Taylor Swift – Shake It Off
9. Meghan Trainor – All About That Bass
10. Nicki Minaj – Anaconda

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: socoelho@observador.pt
Internet

Os europeus são de Vénus e os americanos de Marte?

Catarina Santos Botelho
122

Um grande perigo dos nossos tempos é o cruzamento de dados acumulados, que pode criar um perfil pessoal não fidedigno, unidimensional e exógena, do ser humano meramente em função da sua pegada digital