Logo Observador
Saúde

Afinal quantas horas devemos dormir por noite? Os números foram atualizados

6.714

Nem a menos nem demais. O número de horas que devemos dormir está cientificamente estudado e varia de acordo com a idade. Uma fundação norte-americana atualizou o intervalo ideal.

Getty Images

É uma questão de saúde pública: dormir o número adequado de horas é determinante na saúde e no bem-estar da sociedade. Porque dormir pouco (ou muito) tem implicações na saúde individual e consequentemente no modo como nos relacionamos uns com os outros.

Todos temos uma noite mal dormida de vez em quando, é um processo do qual se recupera com mais ou menos facilidade e de onde não surge mal maior. Já os distúrbios recorrentes mexem com a saúde e estão diretamente relacionados com problemas tais como a obesidade, défice de atenção ou disfunções psíquicas — além da estabilidade na memória e no raciocínio, já aqui escrevemos que o sono limpa o cérebro.

A necessidade fisiológica do sono está diretamente relacionada com a idade. À medida que envelhecemos vamos tolerando menos horas de sono, mas nunca menos de sete, sugerem os especialistas. O número de horas recomendadas é revisto com regularidade e foi agora atualizado.

 

tabela_idade_sono

 

Estes valores não são rígidos, muitas pessoas precisam de dormir mais e outras menos, a necessidade varia não só com a idade, é também influenciada por fatores tais como a condição física e o estado de saúde. Ao número de horas de sono juntam-se as recomendações do costume: evitar o consumo de cafeína e de álcool nas horas que antecedem a ida para a cama e claro, manter-se longe do telemóvel, tablet ou computador. E quando dormir menos bem, se puder compense com uma sesta.

A National Sleep Foundation é uma fundação constituída por um painel multidisciplinar de 18 elementos, especialistas de diversas áreas que se dedicam à avaliação de literatura científica sobre o sono. Esta equipa é responsável pela produção de relatórios anuais onde é analisada, por exemplo, a relação dos hábitos de vida com o sono.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: pesteves@observador.pt
Comida

Gastronomia com Ciência

Hélio Loureiro

Uma das práticas e pontos chaves da dieta mediterrânica é o comer em família, partilhar, conviver. A própria palavra, comer tem esse mesmo significado: com (na companhia de...) e er (repetição).

Educação

O Filipa e a escola pública

Maria José Melo

Portugal só será realmente um país civilizado quando existir consciência cívica por parte de todos os cidadãos. Foi esta visão que adquiri no Liceu D. Filipa de Lencastre e me acompanhou toda a vida.