Infidelidade

Uma forma fácil de saber se o seu parceiro trai (e que está mesmo à mão)

1.161

Um estudo da Universidade de Oxford diz-lhe como saber se o seu parceiro tem tendência para a traição. E não é preciso andar a espiar ninguém.

O estudo é da Universidade de Oxford

Getty Images

O tamanho dos dedos é definido antes do nascimento e é influenciado pelo nível de hormonas sexuais a que o bebé é exposto ainda dentro da barriga da mãe.

Um estudo da Universidade de Oxford, divulgado pela Bloomberg, mediu os dedos de mais de 1.300 pessoas e fez uma descoberta surpreendente: as pessoas com o dedo anelar mais longo que o indicativo da mesma mão têm mais tendência para o adultério. Isto porque quando homens e mulheres têm dedos anelares mais longos, tal significa que absorveram testosterona extra e que, assim, têm apetite por mais parceiros sexuais. Já as pessoas com um comprimento de dedos mais uniforme têm tendência para procurar relações longas.

Apesar de ter sido encontrada uma ligação entre os comportamentos e o tamanho dos dedos, Rafael Wlodarski – um investigador do departamento de psicologia experimental da Universidade de Oxford – aconselha-o a não escolher o seu parceiro para a vida baseado no tamanho dos seus dedos: há outros fatores a ter em conta que são capazes de minimizar o impacto da exposição pré-natal à testosterona. Apesar do fundamento do estudo, a experiência de vida, a educação e, claro, o livre arbítrio.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site