Comida

Há mais de 100 restaurantes em saldos. Quer aproveitar?

350

Está a chegar mais uma edição da Restaurant Week, o evento que permite experimentar restaurantes de luxo a preço reduzido. Desta vez com mais de 100 opções em todo o país. Saiba quais são as melhores.

Autor
  • Tiago Pais

Aviso à navegação gastronómica: a terceira edição nacional da Restaurant Week arranca hoje. Bom, na verdade, arranca hoje mas apenas para alguns, já que até 25 de fevereiro a promoção será exclusiva a clientes Millennium BCP. Só a partir de 26 de fevereiro, e até 8 de março, é que o evento se estende ao público em geral. A parte boa de existir este período de espera é que os restaurantes participantes já foram anunciados e, à exceção do lisboeta Eleven e do poveiro Egoísta, ainda nenhum esgotou os lugares disponíveis para o evento. Aproveite-se o tempo extra para fazer reservas.

O conceito da Restaurant Week continua o de sempre: junta gastronomia e solidariedade. Por cada menu de 20€ (preço por pessoa) disponibilizado pelos restaurantes aderentes ao evento, 1€ reverte a favor de três instituições de solidariedade: Acreditar, Mulheres de Vermelho e Operação Nariz Vermelho.

Ao fazer prosa sobre o assunto é importante ressalvar o seguinte: ir a um restaurante em semana de Restaurant Week pode não ser a mesma coisa do que visitá-lo noutro dia qualquer. Os menus são predefinidos, a escolha limitada, e, nos casos de maior afluência, pode acontecer o serviço ressentir-se. Ainda assim, é uma boa oportunidade para visitar bons restaurantes por um preço por pessoa bastante abaixo do que a maioria deles costuma cobrar. E, não menos importante, ajudar três causas pelo caminho.

Dado que a lista de restaurantes desta edição ultrapassa a centena é bem provável que a escolha dos alvos a visitar não seja fácil. Para tornar a missão menos dolorosa, a solução está em navegar pela fotogaleria do artigo, onde se encontra uma selecção das 35 melhores opções — 20 em Lisboa, 10 no Porto e 5 no resto do país. Uma vez escolhido o(s) restaurante(s), convém reservar quanto antes. Não é rima, é conselho. De amigo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crianças

Há Natais e Natais...

Rute Agulhas

Pais, mães, avós e restante família alargada. Deixemos as crianças viver a magia do Natal. Acreditar, mesmo que seja a fingir, no Pai Natal e nas renas, e na fábrica de brinquedos, e nos duendes.

IPSS

Raríssimas: o Estado é parte do problema

Rui Ramos

Mais do que por uma “vida de luxo”, a direcção da Raríssimas foi atraída por uma “vida de Estado”. Libertar a sociedade deste Estado gordo e promíscuo seria um meio de a libertar das piores tentações.

Brexit

Quem disse que sair da Europa era fácil?

Diana Soller

Esperemos que o executivo britânico se reorganize depressa. Ainda que o divórcio tenha tido até agora pouco de litigioso, uma das partes põe paus na engrenagem. E nas separações todo o cuidado é pouco

Crianças

Há Natais e Natais...

Rute Agulhas

Pais, mães, avós e restante família alargada. Deixemos as crianças viver a magia do Natal. Acreditar, mesmo que seja a fingir, no Pai Natal e nas renas, e na fábrica de brinquedos, e nos duendes.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site