FFMS

GlobalStat: uma base de dados global de origem portuguesa

347

Nasce hoje a Globalstat, uma base de dados sobre tendências de globalização e desenvolvimento. A iniciativa é da FFMS, o lançamento é em Florença.

A GlobalStat é o novo projeto da Fundação Francisco Manuel dos Santos

Autor
  • Diogo Queiroz de Andrade
Mais sobre

A GlobalStat afirma ir “para lá do PIB”, permitindo entender o mundo através da análise de informação rigorosa e científica sobre as sociedades de todo o planeta. São mais de 80 fontes de informação cobrindo dados desde 1960 para 193 países, num total de 500 indicadores – que irão continuar a crescer. Graças a ela será mais fácil ter uma visão transversal sobre aspetos de sustentabilidade, riqueza, bem-estar e qualidade de vida por todo o mundo.

O lançamento é feito hoje, com o devido destaque, durante as discussões do Estado da União que o Instituto Universitário Europeu empreende anualmente em Florença. Por entre as discussões sobre o futuro da Europa e a sua relação com o mundo, será lançado este novo projeto da Fundação Francisco Manuel dos Santos – confirmando assim a vocação global da GlobalStat.

A lógica desta imensa base de dados global é a de ajudar a explicar o mundo de forma gratuita, fácil e intuitiva. Por isso está organizada em 12 áreas temáticas e três áreas transversais que facilitam a consulta dos dados. E enquadra-se numa tendência recente de disponibilização de informação numérica em grandes volumes que permite encontrar padrões e prever comportamentos. Desta forma Portugal ganha dimensão no mundo do “Big Data”, com uma base de dados credível e rigorosa que promete ser essencial para entender relações no mundo global.

A GlobalStat é fruto de uma parceria entre a Fundação Francisco Manuel dos Santos e o Instituto Universitário Europeu, naquele que é um passo de grandes dimensões para a FFMS. A Fundação começa assim a explicar o mundo em números, depois de o ter feito com Portugal: a Pordata, que celebrou cinco anos, é a base de dados do Portugal contemporâneo que tem sido um instrumento fundamental para entender a evolução do país.

A conferência de lançamento da GlobalStat contará com a participação de Brigid Laffan, do IUE, o ministro Poiares Maduro, Pedro Magalhães da FFMS, Anthony Teasdale, diretor-geral do serviço de investigação do Parlamento Europeu e Gaby Umbach, diretora do GlobalStat. Poderá ser vista aqui em direto a partir das 17h00 de Lisboa, tal como todas as restantes sessões do Estado da União.

O Observador viajou para Florença a convite da FFMS

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Web Summit

O absurdo não mata (mas mói)

Jorge Barreto Xavier

Afinal, segundo o ministro da Cultura, o grande problema do indigno jantar da Web Summit no Panteão Nacional, autorizado pela DGPC em 2017 foi: o preço... baixo.

Aquecimento Global

Salvem-nos dos salvadores do mundo

Paulo Tunhas

Na controvérsia sobre o chamado aquecimento global, a dimensão científica e a dimensão política quase se confundem. Há uma passionalidade extrema que vicia a discussão de forma muito notória.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site