União Europeia

Passos em Florença para encontro com Renzi e conferência sobre a União Europeia

O primeiro-ministro português desloca-se hoje a Florença, onde se vai encontrar com o seu homólogo italiano, Matteo Renzi, e fará uma intervenção no Instituto Universitário Europeu.

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

O programa de Passos Coelho em Florença começa pela hora do almoço com o encontro com o primeiro-ministro italiano, participando à tarde na conferência de imprensa da Fundação Francisco Manuel dos Santos relativa à cerimónia de lançamento da Globalstat, criada em parceria com o Instituto Universitário Europeu.

O portal Globalstat (www.globalstat.eu) é uma base de dados sobre tendências de globalização e de desenvolvimento, com 12 áreas temáticas e mais de 500 indicadores, e junta dados relativos a 193 países desde 1960. A apresentação do novo projeto decorre em Florença, integrada na quinta edição da conferência anual do Instituto Universitário Europeu sobre “O Estado da União”, uma reflexão sobre a União Europeia, onde o primeiro-ministro português discursará pelas 17h45 (hora local, 16h45 em Lisboa).

O Instituto Universitário Europeu foi criado em 1976 por seis Estados fundadores da então Comunidade Económica Europeia, e é uma instituição de ensino superior (em Florença, Itália) que pretende desenvolver o património cultural e científico europeu.

O programa de Passos Coelho em Florença termina com um jantar com elementos da Fundação Francisco Manuel dos Santos, regressando a Lisboa no sábado. Na deslocação, Passos Coelho estará acompanhado pelo ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, pelo embaixador de Portugal em Roma, Manuel Lobo Antunes, e pelo secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Bruno Maçães.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Cabo Verde

Pioneirismo. Cabo Verde no Conselho da Europa

Filipe Anacoreta Correia

Cabo Verde tem condições para encabeçar a primeira candidatura africana ao Conselho da Europa. sobretudo porque é um país que partilha os valores democráticos e o respeito pelos direitos humanos

Aquecimento Global

Salvem-nos dos salvadores do mundo

Paulo Tunhas

Na controvérsia sobre o chamado aquecimento global, a dimensão científica e a dimensão política quase se confundem. Há uma passionalidade extrema que vicia a discussão de forma muito notória.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site