Beleza e Bem Estar

Cremes anticelulite: será que funcionam? Testámos o mercado

203

Desafiámos quatro mulheres a experimentarem soluções anticelulite de farmácia, supermercado, perfumaria e catálogo. Funcionam? Viram resultados? E valem a pena? Leia os seus testemunhos.

Com uma boa alimentação e prática de exercício físico, os cremes anticelulite podem tornar-se bons aliados na procura por uma silhueta mais firme.

© Milan Markovic

Autor
  • Helena Magalhães

Se está a ler isto e é mulher, o mais provável é que tenha celulite. Mas não é a única. Os estudos indicam que cerca de 90% das mulheres sofre desta condição. Antes de se esconder debaixo da toalha ou rebolar na areia para ficar como um croquete, saiba que com os cuidados adelgaçantes certos, uma boa alimentação e prática de exercício físico, os cremes anticelulite podem tornar-se bons aliados na hora de vestir o fato de banho. A Lipodistrofia Ginóide ou, como nós a conhecemos, celulite, está associada a diversos fatores como as alterações hormonais, genética, hábitos alimentares, uso de pílulas anticoncecionais e hábitos sedentários, entre outros. Embora hoje em dia já existam bons cosméticos com substâncias ativas capazes de promover a quebra de gordura, melhorar a firmeza, adelgaçar e estimular a circulação, reduzir a celulite implica toda uma alteração comportamental e não apenas colocar cremes e esperar milagres.

Desafiámos quatro mulheres com quatro tipos de vida e corpos diferentes a experimentar quatro soluções anticelulite e, aliando-as a um estilo de vida saudável, darem-nos o seu parecer real. Tendo em conta as quatro soluções que existem no mercado (perfumarias, farmácias, supermercados e catálogos de venda direta), as nossas quatro “cobaias” seguiram à risca as recomendações e incluíram estas quatro armas no seu dia-a-dia para percebermos que resultados se podem esperar de um creme anticelulite, independentemente do seu preço, posicionamento e local de venda.

celulite

Os quatro testados pelas cobaias: Body Shaping Cream, Clarins, 50, 50€; Cellu Destock Over Night, Vichy, 29€; TimeWise Body, Mary Kay, 45€; Óleo Refirmante Anti-Celulite + Bodytonic Shorty Adelgaçantes, Garnier, 5,99€ + 29,99€.

Marta, 36 anos

Recém-mamã, Marta viu o seu corpo sofrer uma série de mudanças durante a gravidez do primeiro filho, que nasceu há três meses. “De repente pesava 59 quilos e, ao aumento de peso, vi surgir a flacidez na barriga, coxas, nádegas e braços”, explicou-nos. Apesar de passar muito tempo sentada à secretária, Marta começou recentemente a treinar com um personal trainer duas vezes por semana, em treinos na rua de uma hora cada. Aliou, por isso, uma solução de perfumaria, o creme Body Shaping Cream de Clarins, à prática de exercício físico. “Com um bebé recém-nascido, é muito difícil ter rotinas mas consegui criar um ritual de colocar o creme após o banho. Por ser uma solução anti-gorduras rebeldes para todo o corpo, usei-o nas zonas que, para mim, são mais críticas: pernas, coxas, nádegas, barriga e braços. A consistência é ótima, facilita a massagem e seca imediatamente, o que é um ponto forte. Usei-o durante as quatro semanas recomendadas e a minha pele está mais firme, o que é positivo. Conjugado com o exercício físico que me está a tonificar o corpo, conseguir ver-se resultados de uma pele menos flácida é muito importante para aquela motivação quase mental que precisamos. Principais diferenças? Braços mais finos, pele mais suave e tonificada e barriga mais lisa.”

Outras soluções de perfumaria:

perfumaria
Advanced Body Creator, Shiseido, 56,70€; Celluli Eraser, Biotherm, 36,70€; Sérum Amincissant Corps, Eisenberg, 89€; Celluli-Pro, Sisley Paris, 133€; Concentrated Anti-Cellulite Serum, Givenchy, 45,50€; Serum Expert Reducteur Contours, Carita, 67,95€; Body Contour Concentrate, Sensai, 120€.

Joana, 29 anos

Joana pesa 54 quilos e, segundo as suas palavras, sente-se bem com o seu corpo: “faço ginásio duas vezes por semana, focado em pernas e glúteos, apenas para tonificar, e tenho algum cuidado com a alimentação, embora não seja rigorosa — se me apetecer uma tablete de chocolate faço-o sem remorsos”. Mas, tal como 90% das mulheres, também tem celulite e é um exemplo de como as mulheres magras não escapam à regra. “O interior das pernas e as nádegas são o meu ponto crítico. Normalmente, faço uma caminhada até ao trabalho, cerca de 20 minutos, mas depois passo 90% do dia ao computador. Não tenho celulite visível mas é aquela que, se apertar ou quando estou sentada, vê-se e, além disso, noto alguma falta de firmeza na pele. Usei uma solução de catálogo (pela primeira vez, confesso), o Timewise Body de Mary Kay que veio com um aplicador/massajador que facilitou a aplicação. Ao contrário de outros cremes que pedem toda uma técnica de massagem, este é apenas aplicar e massajar até que seja absorvido. Usei uma vez por dia, depois do banho, durante um mês e notei uma diferença significativa ao nível da firmeza, exatamente na minha zona crítica: o interior das pernas. Reduziu a aparência de celulite e notei que potenciou um resultado de firmeza à superfície, aliado aos treinos que estão a tonificar no interior.”

Outras soluções de catálogo:

catalogo

Optimals Body, Oriflame, 20€; Butt Lifter + Cellu Break, Avon, 5,90€ (cada); Gel Adelgaçante (abdominais e glúteos) + Gel Redutor de Celulite + Loção Refirmante (para coxas), Yves Rocher, 21,50€ (cada um).

Vera, 33 anos

Vera diz que atingiu um dos piores pesos dos últimos anos: “passei por uma das fases mais stressantes da minha vida, a saltar entre empregos, e atingi os 70 quilos. A vida sedentária e a ansiedade fizeram-me engordar e agora que voltei, finalmente, ao ativo, não tem sido fácil retomar o meu peso e a minha vida”, explica. Habituada a sonos irregulares, porque não tinha horários, Vera retomou a sua rotina e adaptou uma solução de farmácia, o CelluDestock Over Night de Vichy, cujo tratamento alia exatamente os benefícios de ativos anticelulite a um sono reparador. “Não vou mentir, não usei todas as noites porque havia dias que chegava tarde e nunca mais me lembrava. Mas usei a embalagem até ao fim e notei algumas diferenças, principalmente ao nível da firmeza. Agora com uma rotina, também tenho uma alimentação mais equilibrada e já consegui passar para os 66 quilos. O aspeto da celulite reduziu um pouco e tenho a certeza que, com exercício físico (que ainda não comecei a fazer), os efeitos teriam sido ainda mais potenciados. Usei essencialmente na barriga e nas nádegas, as minhas duas zonas mais problemáticas, e gostei dos resultados — consegui vê-los ao espelho.”

Outras soluções de farmácia:

farmacia3

Body Slim, Lierac, 40,20€; Trimgel Slim 3D, 39€; Serum Minceur + Huile Minceur, Nuxe, 29€ + 27€; Anti-Celulitico Micro-Difusão, ROC, 44€; Gommage Crushed Cabernet + Concentrado Adelgaçante, Caudalie, 24€ +25,60€; Celu Slim, Elancyl, 35€.

Leonor, 30 anos

Leonor pesa 50 quilos e tem o que chama um corpo em pera: cintura fina e ancas largas. O seu teste? As soluções de supermercado, com o Óleo Refirmante e o Shorty Adelgaçante de Garnier. “O meu corpo é bastante esculpido e a celulite é dos problemas que mais me incomoda. Faço uma boa alimentação, exercício físico e, mesmo assim, não me consigo livrar da flacidez nas pernas e nádegas. Estava reticente em usar um óleo porque não gosto deste tipo de texturas mas este em particular é um óleo seco, rapidamente absorvido pela pele. O shorty foi uma novidade interessante pela facilidade com que se pode usar. Como os ativos são libertados com os movimentos, tenho usado exatamente durante as aulas de zumba por debaixo da roupa. E achei este shorty interessante ainda de uma outra forma: o seu efeito visual estimulante. Por baixo de vestidos, calças ou saias, toda a zona fica mais tonificada visualmente e dei por mim a usá-los quando ia sair à noite ou para jantares em que me vestia com roupa mais justa. Ao fim de um mês noto que as irregularidades atenuaram com a combinação dos dois produtos. Ainda estão visíveis, mas melhoraram significativamente. Também notei resultados ao nível da firmeza da pele, principalmente na parte interna das pernas.”

Outras soluções de supermercado:

supermercado2

Sérum Corpo + Gel Creme, Good bye Celulite, Nivea, 11,99€ (cada um); Creme Silhueta Incrível + Exfotonic, Sublime Body, L’Oréal Paris, 15,99€ + 14,99€; Gel Anticelulite Cellufight, Bioten, 8,79€; Leite Corporal Refirmante, Mixa, 5,99€.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Brexit

Quem disse que sair da Europa era fácil?

Diana Soller

Esperemos que o executivo britânico se reorganize depressa. Ainda que o divórcio tenha tido até agora pouco de litigioso, uma das partes põe paus na engrenagem. E nas separações todo o cuidado é pouco

Crianças

Há Natais e Natais...

Rute Agulhas

Pais, mães, avós e restante família alargada. Deixemos as crianças viver a magia do Natal. Acreditar, mesmo que seja a fingir, no Pai Natal e nas renas, e na fábrica de brinquedos, e nos duendes.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site