Receitas

Abóbora assada com queijo de cabra

450

Para quê esperar pelo Halloween para começar a mexer em abóboras, sobretudo quando se podem comê-las assadas? Uma receita perfeita para dias de outono, quando o corpo pede comida de conforto.

Teresa Rebelo

Oh, o admirável mundo novo das abóboras!

Em casa dos meus pais, quando era pequena, a abóbora servia apenas para duas coisas: fazer sopa ou fazer doce. O único tipo de abóbora que eu conhecia era aquele que tínhamos no quintal, de grande porte e interior amarelo claro, que agora sei chamar-se ‘porqueira’. Só quando comecei a interessar-me mais pela cozinha e criei o blogue é que descobri que havia mais variedades e muitas outras utilizações culinárias, como purés, assados, gratinados e até bolos.

Apesar das abóboras se conservarem durante muito tempo após serem apanhadas, é no outono que elas mais brilham, não fosse esta a estação do Halloween. Mas não é de bruxas ou de morcegos que esta receita fala. Aliás, de assustadora não tem nada: são poucos os ingredientes que pede e é muito, muito fácil de fazer.

Pensando bem, talvez a abóbora assim preparada tenha afinal um poder mágico: o da comida de conforto que delicia e apetece partilhar.

abobora_assada_2

Abóbora assada com queijo de cabra

Para 4, como entrada ou refeição leve

1 abóbora manteiga
120 g de queijo de cabra
1 colher de sobremesa de azeite
Sal qb
Pimenta preta qb
Ervas da Provença qb (ou outras ervas aromáticas a seu gosto)
Pevides de abóbora e nozes qb para polvilhar
Rúcula para servir

Pré-aqueça o forno nos 180º.
Lave a abóbora e corte-a ao meio ao comprimento.
Retire os filamentos das cavidades, descarte-os, mas reserve as pevides.
Numa taça, coloque o azeite, as especiarias, uma pitada de sal (não se esqueça que o queijo de cabra já tem sal) e pimenta.
Mexa bem e barre as metades de abóbora com esta mistura.
Coloque-as numa assadeira, viradas para cima e leve-as ao forno entre 45 minutos a 1 hora.
Entretanto, limpe as pevides, seque-as e leve-as ao forno sobre papel vegetal, durante cerca de 10 minutos (algumas vão estourar tipo pipocas, não se assuste!). Retire e deixe arrefecer.
Quando a abóbora estiver praticamente pronta (uma faca, quando espetada, deve entrar sem qualquer resistência na polpa da abóbora), retire do forno e espalhe o queijo pelas duas metades (se nas cavidades se tiver concentrado muito líquido, escorra-o com cuidado antes de colocar o queijo). Leve de novo ao forno a gratinar por uns 10 minutos.
Retire, tempere com mais um pouco de pimenta preta acabada de moer e espalhe as pevides e os pedacinhos de miolo de noz.
Sirva bem quente com uma salada de rúcula (no final, experimente comer a casca: é deliciosa!)

Teresa Rebelo é autora do blogue Lume Brando.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site