Ranking Escolas 2015

9.º ano: apenas uma escola pública no top 30

140

Entre as 30 escolas com melhores médias nos exames do 9.º ano há apenas uma pública, na Madeira, e em 2014/2015 apenas cerca de um quarto dos estabelecimentos conseguiu média positiva.

A escola pública mais bem classificada nas provas de 9º ano é da Madeira

© Tiago Pais / Observador

Autor
  • Agência Lusa

Entre as 30 escolas com melhores médias nos exames do 9.º ano há apenas uma pública, na região Autónoma da Madeira, e em 2014-2015 apenas cerca de um quarto dos estabelecimentos conseguiu média positiva nas provas.

De acordo com os dados do Ministério da Educação, a Escola Básica dos 1º, 2º e 3º Ciclos com Pré-Escolar do Curral das Freiras é a escola pública mais bem classificada nos exames do 9.º ano de escolaridade, que, com 20 provas realizadas, obteve o 28.º lugar com uma média geral nos dois exames – Português e Matemática – de nível 4, acima dos 3,3 de média na classificação interna.

No 3.º ciclo de ensino básico as notas são distribuídas entre os níveis 1 a 5, sendo o nível 3 o limiar da positiva.

O topo da lista é ocupado pelo Externato As Descobertas, em Lisboa, com uma média de 4,5 em 20 provas realizadas, seguindo-se o Colégio Nossa Senhora da Paz, no Porto, com uma média de 4,46 em 50 provas realizadas; e o Externato de Santa Joana, em Valongo, com uma média de 4,38 em 34 exames.

Entre as 10 escolas com médias mais altas nos exames do 9.º ano, todas privadas, a média de classificação interna é sempre mais baixa do que a média registada nos exames, podendo indicar que o nível de exigência da escola é superior ao das provas.

Segundo os mesmos dados, a segunda melhor escola pública (40.º lugar) é a Secundária Infanta D. Maria, em Coimbra, com uma média geral nos exames de 3,9, com 212 provas realizadas; e a terceira (49.º lugar) é a Escola Artística do Conservatório de Música do Porto, com uma média geral de 3,82 em 138 exames realizados.

9_ano_melhores_piores

Entre as 1.236 escolas que fizeram exames do 9.º ano, apenas 368 registaram uma média geral nas duas provas positiva, ou seja, menos de 30% das escolas “passam” nos exames.

Os 29,8% de aprovação em 2014-2015 ficam um pouco abaixo à taxa de aprovação geral no ano letivo anterior, quando o valor se fixou nos 32,4%.

É a Matemática que se regista a média em exames mais elevada, com um valor de 4,6 obtido pelo Externato As Descobertas, em Lisboa. A média mais alta a Português pertence ao Externato Escravas Sagrado Coração de Jesus, no Porto, com um registo de 4,42.

As cinco médias mais altas em exame de 2014-2015 foram a Matemática, mas as mais baixas também, com médias a variar entre 1,3 e 1,42.

A média geral das escolas foi negativa, de 2,87. As raparigas fizeram melhor do que os rapazes, obtendo uma média de 2,94, acima dos 2,81 deles. Analisando cada um dos exames por género o único que regista nota média positiva é o de Português, com um valor de 3,16.

Por outro lado, no que diz respeito à média das classificações internas, rapazes e raparigas conseguem registos positivos quer a Português, quer a Matemática, elas sempre uns pontos acima deles.

grafismo de Milton Cappelletti.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Ranking Escolas 2015

Rankings e liberdade andam de mão dada

João Muñoz de Oliveira
163

Uma escola onde se aprende é a mais poderosa ferramenta de desenvolvimento pessoal e social para crianças e jovens. E se existem para os alunos, as famílias devem poder saber em que escolas se aprende

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site