Media

Francisco Pedro Pinto Balsemão assume presidência executiva da Impresa este domingo

Francisco Pinto Balsemão assume este domingo a presidência executiva da Impresa, substituindo Pedro Norton. O gestor assume o cargo depois do grupo Impresa ter realizado uma reorganização interna.

A Impresa anunciou na sexta-feira que o resultado líquido caiu 63,4% no ano passado, face a 2014, para quatro milhões de euros

José Goulão/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Francisco Pedro Pinto Balsemão assume, a partir deste domingo, a presidência executiva da Impresa, substituindo Pedro Norton do cargo, dois dias depois de o grupo ter divulgado os resultados anuais de 2015.

A Impresa anunciou na sexta-feira que o resultado líquido caiu 63,4% no ano passado, face a 2014, para quatro milhões de euros. Excluindo os custos com reestruturação, o lucro é de 6,8 milhões de euros.

Nas suas perspetivas para este ano, a Impresa avança que “vai continuar a manter um apertado controlo dos custos operacionais” este ano e que “tem como expectativa atingir os seguintes objetivos em 2016: melhoria dos indicadores operacionais e dos resultados líquidos e continuação da redução do passivo remunerado”. No ano passado, as receitas de publicidade do grupo diminuíram 2,2% para 119 milhões de euros.

“Nestes meses de transição, o Francisco Pedro deu já provas de saber o que quer e para onde quer conduzir o nosso projeto. Definiu estratégias e irá, a seu tempo, apresentá-las; criou os instrumentos e a organização necessários para poder prosseguir essas estratégias e torná-las vencedoras”, afirmou na sexta-feira Francisco Pinto Balsemão, pai do novo presidente executivo e ‘chairman’ da dona da SIC.

No discurso escrito, a que a Lusa teve acesso na altura, Francisco Pinto Balsemão afirmou: “Orgulho-me também, e muito, da escolha da pessoa que vai suceder a Pedro Norton”.

Francisco Pedro “tem uma experiência profissional fora desta casa mais do que suficiente para ninguém poder dizer que caiu aqui de paraquedas”, afirmou Pinto Balsemão, na sexta-feira.

O gestor assume o cargo depois do grupo Impresa ter realizado uma reorganização interna.

Francisco Pedro Presas Pinto Balsemão é licenciado em Direito pela Universidade Nova de Lisboa, tem um mestrado em Direito pela Universidade de Oxford (Inglaterra) e fez ainda um curso geral de gestão na Nova School of Business and Economics, e programas avançados de gestão na Kellogg School of Management (Chicago) e na IMD Business School (Lausanne).

Iniciou a sua carreira em 2003 como advogado na Linklaters, em Lisboa, tendo ainda sido consultor de recursos humanos na empresa Heidrick & Struggles, antes de integrar a Impresa, em 2009, como diretor de recursos humanos.

Anteriormente, em 2007, esteve uma temporada na Missão de Portugal junto das Nações Unidas, em Nova Iorque, na Comissão dos Direitos Humanos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Incêndios

O dr. Costa é mau demais para ser mentira

Alberto Gonçalves
188

O que não faz sentido é que o dr. Costa se julgue no direito de governar pessoas minimamente saudáveis ou de conviver com elas. Como não faz sentido que esta apatia com fronteiras se suponha um país.

ERC

O Imperador vai nu

Luís Reis
260

Carlos Magno usou a majestática influência que o seu nome contém para decidir sozinho em tema da maior gravidade. Infelizmente não o fez como um Carolus Magnus, antes como um autêntico Carolus Parvus.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site