Sporting

Doyen Sports pede penhora de bens do Sporting

O fundo Doyen Sports pediu à justiça portuguesa a penhora de bens do Sporting como forma de garantir o pagamento da dívida pelo caso do ex- jogador dos leões, Marcos Rojo.

Bruno de Carvalho, presidente do SCP

André Kosters/LUSA

O fundo Doyen Sports pediu à justiça portuguesa a penhora de bens do Sporting como forma de garantir o pagamento da dívida pelo caso do ex-jogador dos leões, Marcos Rojo.

A notícia foi dada pela Radio Renascença e o jornal Record já confirmou a informação. A Doyen pretende recuperar os 15 milhões de euros em dívida por parte da SAD do Sporting e como tal avançou com esta ação judicial. A UEFA já tinha aprovado um primeiro pedido do fundo para congelar todos os futuros prémios atribuídos ao Sporting na próxima temporada.

O clube de Alvalade já respondeu ao Tribunal da Relação de Lisboa e explica que não existe razão para uma nova penhora, visto que já existe a tal ação referente aos prémios da UEFA. Numa carta assinada pelo advogado José Carlos Oliveira, pode ler-se que “o eventual direito da Requerente já se encontra perfeitamente assegurado e garantido”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site