Costa contra "o vírus da fé excessiva" em mercados

A moção do secretário-geral ao congresso do PS elogia a esquerda, critica a Europa, abre portas ao PCP e ao BE nas autárquicas e faz uma auto-crítica sobre a crença que chegou a ter nos mercados.

Por Vítor Matos