Gasóleo

Gasóleo profissional chega dia 15 com desconto de 13 cêntimos por litro

Ministro Adjunto anunciou que a partir do dia 15, quatro zonas de fronteira vão ter gasóleo profissional ao mesmo preço que Espanha. Desconto de 13 cêntimos vale para transporte de mercadorias.

ANDY RAIN/EPA

O ministro Adjunto anunciou esta quarta-feira, em Arganil, distrito de Coimbra, que a partir do dia 15 de setembro quatro zonas de fronteira vão ter gasóleo profissional ao mesmo preço que no território espanhol.

Segundo Eduardo Cabrita, que falava aos jornalistas no final da sessão solene do feriado municipal de Arganil, haverá uma redução de 13 cêntimos por litro no gasóleo profissional nas zonas fronteiriças de Quintanilha (Bragança), Vilar Formoso (Almeida), Elvas e Vila Verde de Ficalho (Serpa).

“O que significa que o preço base para os transportadores de mercadorias será o mesmo que existe no mercado espanhol”, sublinhou Eduardo Cabrita, que anunciou ainda para o final do mês a apresentação do plano de ação de combate à interioridade.

No entanto, ainda falta uma portaria a fixar os concelhos abrangidos por este projeto piloto. O Observador já questionou o Ministério das Finanças sobre o tema, mas não obteve resposta.

A intenção é alargar o gasóleo profissional a todo o país para o transporte pesado de mercadorias a partir de 2017, beneficiando os camiões com mais de 35 toneladas. Mas o alargamento vai depender dos resultados deste projeto piloto. O governo quer saber se o nivelamento dos preços do gasóleo com Espanha, que é financiado com a descida do imposto petrolífero cobrado, se traduz num regresso dos consumos de combustível a postos portugueses.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Empreendedorismo

As duas características do empreendedor

José Miguel Pinto dos Santos

Se uma caraterística do verdadeiro empreendedor é a indiferença face à possibilidade de perder tudo o que investiu, a outra é estar preparado, e usar todo o engenho, para que isso não aconteça.

Legislação Laboral

Para acabar de vez com o trabalho

Luís Reis

Para as forças partidárias que sustentam o Governo PS o trabalho deve ser violentamente taxado, os horários reduzidos, as férias aumentadas, os feriados prolongados e a legislação laboral fossilizada.

Sistema Financeiro

Justos e pecadores

João Cândido da Silva

Entre os lesados do BES ou do Banif houve pessoas ludibriadas. Mas houve, igualmente, situações em que a imprudência ou a ganância foram a chave que abriu a porta para o desastre.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site