Beleza e Bem Estar

Vade-retro stress, chegou o Retox

161

Depois do detox, é a nova palavra a fixar para combater os males da vida moderna. Sem dietas malucas, com ioga e nutrição, o Retox aposta em soluções de bem-estar realistas para vidas ocupadas.

Evento no Central Park, em Nova Iorque, onde Lauren Imparato, fundadora do Retox, deu uma aula de ioga e bem-estar.

Getty Images for FIJI

A premissa tem tudo para nos conquistar: uma forma prática de estar que ajuda a combater os desafios comuns da vida moderna, desde o stress e a ansiedade até ao equilíbrio de um corpo e mente saudáveis. Com o Retox não há tempo para restrições alimentares, dietas malucas ou horas de meditação que, sejamos honestos, pouca gente tem paciência para levar a bom porto. Esta é a mensagem de Lauren Imparato: adaptar práticas saudáveis, sensatas e de base científica na nossa vida. Parece demasiado bom para ser verdade? É isso o Retox.

Quem é Lauren Imparato?

É uma daquelas histórias inspiradoras que nos incita a sair de casa e fazer alguma coisa. Lauren Imparato era vice-presidente da consultora Morgan Stanley (uma financeira em Nova Iorque) quando que decidiu renunciar ao cargo e mudar de vida, tornando-se instrutora avançada de ioga, coach nutricional, professora de mindfulness e oradora. Em 2009, criou o seu estúdio de bem-estar, I.AM.YOU. O objetivo? Criar soluções de bem-estar realistas para vidas ocupadas (como era a sua). O salto foi grande: pouco tempo depois estava a dar aulas para dezenas de milhares de pessoas no Central Park e em Times Square, em Nova Iorque. Mais tarde em Madrid, Barcelona, Panamá, Filadélfia… O Retox está a conquistar o mundo.

O que é afinal o Retox?

Nunca sentiu que tem 20 coisas a competir pela sua atenção e energia ao mesmo tempo? Hoje em dia a vida é mesmo assim. Em consequência, vamos pagando o preço com dores de cabeça, stress, insónias, vício do smartphone, dores nas costas, ansiedade, oscilações de peso… Lauren explica que o objetivo do Retox é que a vida deve ser simples e tudo aquilo que precisamos está dentro de nós. E para cada dificuldade, há técnicas que podemos desenvolver.

No plano da coach, o Retox foca-se no PEV (Plano de Estabilidade de Vida) e inclui ioga, nutrição e atitude mental, que é o mesmo que dizer transpiração, alimentação e respiração. Tudo depende do que cada pessoa precisa para atingir o seu bem-estar. Lauren explica que para nos sentirmos bem não podemos agir como se todos os dias fossem iguais (embora essa seja a premissa da maioria das teorias de autoajuda). Por vezes, só precisamos de um bife e de uma boa noite de sono. Noutros dias, podemos precisar de transpirar. E noutros ainda, cinco minutos de pausa apenas a respirar tranquilamente. O Retox tem uma visão macro e pretende mostrar o que precisamos para criar o nosso melhor “eu” em qualquer dia.

Já fez o seu Retox hoje?

Que é como quem diz, já fez alguma coisa por si hoje? O Retox significa focar-se no que o incomoda em cada dia e atuar nesse problema. Amanhã, logo se vê. Fazer Retox é a happy hour para o seu corpo e mente. Não é uma questão de “desligar” (como faz com um copo de vinho ao fim do dia, por exemplo, ou um ansiolítico quando lhe apetece partir uma parede), mas de acrescentar o que precisa nesse momento. Se teve uma grande discussão no trabalho, talvez nesse dia só consiga focar-se nisso. Então, prepare um cocktail de Retox para isso. Se o que lhe preocupa é a falta de energia, faça esse cocktail.

Retox Kfrente 150dpi

Lauren Imparato foi nomeada uma das 100 mulheres a seguir pelo MindBodyGreen, um dos sites com mais seguidores no mundo a nível do bem-estar. O seu livro está à venda em Portugal desde julho por 20€.

O que são os cocktails de Retox?

No livro Retox (em Portugal publicado pela editora Arena), Lauren Imparato criou 21 cocktails que equivalem a sequências de ioga, 85 exercícios que pode fazer na secretária, 75 exercícios rápidos para o corpo e 75 receitas rápidas que equilibram a alimentação. Para estes cocktails elaborou 21 planos que misturam mindfulness, psicologia e filosofia para o corpo e cérebro. Estes 21 cocktails vão ajudar na maioria dos problemas da vida contemporânea, como dores de cabeça, ressaca, gordura abdominal, tensão pré-menstrual, insónias, dependência da tecnologia, vida de inércia, pouca energia, ansiedade, tristeza, pressão, entre outros. Vamos exemplificar um.

Cocktail para o stress e ansiedade

Lauren Imparato defende que hoje em dia não há praticamente ninguém que não tenha uma DST mental – doenças stressalmente transmitidas, como lhes chama. É quase como uma medalha de honra dos tempos modernos e cuja imagem de marca é o stress e a ansiedade. Este cocktail inclui:

  1. Ioga com exercícios rápidos e caseiros;
  2. um plano alimentar que reforça os órgãos mais afetados pela ansiedade (o fígado, os rins e as glândulas supra-renais);
  3. uma atitude mental para criar um método habitual para lidar com os fatores de stress antes de desencadearem uma reação aguda de ansiedade.

1. Ioga

  • Libertação supra-renal: coloque as mãos a meio das costas, com os dedos voltados para baixo. Inspire, imaginando que a respiração vai na direção das mãos. Expire, pressionando levemente as palmas das mãos nas costas. Para ir mais longe, inspire a contar até cinco. Expire a contar até cinco. Repita durante 30 a 60 segundos.
  • Respiração de Leão para acalmar o stress: inspire fundo e expire com força pela boca, pondo a língua de fora. Baixe a cabeça e, se quiser, abane-a enquanto expira. Repita uma a cinco vezes.
  • Fluxo anti-DST: Comece na posição de “cão invertido, com os pés à largura das ancas, as mãos no chão, alinhadas com os ombros, os glúteos no ar e as pernas esticadas. Inspire para a posição de prancha, com o corpo paralelo ao chão. Expire para a posição de “cão invertido”. Inspire para prancha. Expire para “cão invertido”. Repita cinco vezes.

2. Plano Alimentar

  • Esqueça o dogma: a menos que tenha alguma alergia grave, esqueça as tendências mais recentes e consuma os alimentos reais e integrais que o seu corpo precisa, mesmo que tenham o “temido” glúten, carne, laticínios ou açúcar.
  • Coma: quando o corpo está sem comida durante longos períodos, as glândulas supra-renais libertam cortisol e adrenalina, as famosas hormonas de stress. Se não comer, pressiona ainda mais o sistema. Coma de duas em duas horas, mesmo que não sinta fome.
  • Tenha horas certas: o pequeno-almoço deve ser entre as seis e as oito (no máximo até às 10h da manhã), o almoço por volta do meio-dia e o jantar pelas 19h00, se puder. Como isto é um pouco irreal com as nossas rotinas, faça “pré-jantares” leves antes do jantar propriamente dito.
  • Elimine a cafeína: o cheiro do café ou do chá pode acalmar a mente mas, na verdade, a cafeína aumenta a adrenalina e a ansiedade que já sente.
  • Alimentos que combatem a ansiedade: coma com regularidade quinoa, sal laranjas, raiz de alcaçuz, beterraba e camomila (beba chás ao longo do dia). Esqueça os doces e aumente as doses de limão.

3. Atitude mental

O mundo não vai mudar, somos nós que temos de criar a paz que já existe dentro de nós para encontrar a tranquilidade naquilo que nos rodeia e erradicar o stress, o pânico e a ansiedade.

  • Pegue num bloco de apontamentos e numa caneta (não é para escrever no computador, é mesmo para escrever à mão) e anote tudo o que tem para fazer (pagar as contas, comprar qualquer coisa, acabar aquele relatório… o que quer que seja). Pense nisto como uma lista de tarefas gigante.
  • Quando terminar, pouse-a e comece a reescrevê-la mas, desta vez, categorize as tarefas de uma forma que faça sentido para si. Por exemplo: os telefonemas numa categoria, tarefas de trabalho noutra, problemas familiares noutra, e por aí em diante.
  • Quando chegar ao fim desta categorização, deixe a folha em cima da mesa. Tudo o que está nessa lista é o que lhe cria ansiedade. Está tudo ali e não é tão desgastante se olhar para cada item individualmente. O que provoca stress é a junção de tudo o que lhe cria preocupações, as preocupações futuras que se podem vir a juntar e os seus resultados.
  • Em vez de entrar em pânico mental em intermináveis círculos de ansiedade, analise a lista com calma pela ordem que lhe apetecer. Observe ponto por ponto e, quando completar alguma tarefa, pegue na caneta e risque-a. Tire-a do seu cesto de DST mental.

Este é um cocktail (muito) resumido para o problema do stress e da ansiedade. Mas que poderá ser posto em prática em dias em que se sinta especialmente pressionado ou ansioso com qualquer coisa.

Está pronto/a para o Retox?

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Comportamento

A esperança é o café da manhã

Laurinda Alves

O que nos faz agir e transcender em cada dia é a esperança de que alguma coisa se componha, de encontrar sentido para a vida, de evoluir, de perceber mais. E temos esperança pela certeza do inesperado

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site