Logo Observador
Supercarros

NextEV. Desportivo com 1360 cv dá bigode ao Tesla

A NextEV apresentou o seu primeiro modelo, um superdesportivo eléctrico, que tem tanto de potente como de agressivo e já bateu o recorde de Nürburgring. Pena é o preço, que ronda 1,1 milhões de euros.

Autor
  • Francisco António

Depois de muita expectativa, a start-up chinesa para a mobilidade eléctrica NextEV apresentou o seu primeiro automóvel eléctrico, o NIO EP9. Este superdesportivo, além de fazer crescer água na boca, inaugura a nova submarca NIO, e anuncia um custo de produção à altura da ambição do fabricante: 1,2 milhões de dólares, ou seja, pouco mais de 1,1 milhões de euros.

O superdesportivo eléctrico, desvendado mundialmente no Salão Automóvel de Guangzhou, na China, não tem ainda uma data prevista para comercialização, embora e segundo as últimas informações, tal possa acontecer em 2017. Ainda assim, os responsáveis da NextEV garantem desde já que o EP9 passará a ser, uma vez produzido, o veículo eléctrico mais rápido do mundo, sendo mesmo capaz de, por exemplo, cumprir uma volta ao circuito de Nürburgring Nordschleife em sete minutos e cinco segundos. Marca que, uma vez homologada, passará a ser também a volta mais rápida ao traçado para carros do género. E segundo Nelson Piquet Júnior, ex-piloto de F1 e actual piloto da NextEV na Fórmula E, o EP9 cumpriu a volta mais rápida limitando a sua potência a apenas 80% do total disponível, isto para evitar o sobreaquecimento das baterias, o que aconteceria se vissem a sua carga ser extraída ao máximo durante um período superior a 7 minutos. Uma simulação em computador revelou posteriormente que, caso dispusesse da totalidade dos 1360 cv, a volta ao Nordschleife seria cumprida em 6.48, muito próximo do tempo alcançado pelo Radical SR8, o veículo homologado para circular na via pública mais rápido na pista germânica.

Contando com quatro motores eléctricos (um em cada roda) concebidos com todo o know-how amealhado pela start-up através da sua participação na Fórmula E, o NIO EP9 anuncia uma potência máxima de 1.360 cv e 1.480 Nm de binário. Números, sem dúvida, astronómicos, que, segundo o fabricante, lhe permitem acelerar dos 0 aos 100 km/h em 2,7 segundos, assim como dos 0 aos 200 km/h em não mais que 7,1 segundos. E, anunciando uma velocidade máxima de 313 km/h, o EV chinês assume-se como um rival directo do Tesla Model S P100D.

Construído, não na China, mas no Reino Unido, em conjunto com um parceiro local não identificado, o superdesportivo da NextEV tem na base baterias de lítio, que a marca garante que podem ser completamente carregadas em apenas 45 minutos. Ou, então, trocadas por outras já carregadas, num processo que não demora mais de oito minutos. Seja qual for a solução escolhida, o NIO EP9 consegue assim repor rapidamente a autonomia anunciada de 427 km.

Em termos de carroçaria, o EV chinês, que anuncia a capacidade de fazer curvas de até 2,5G, utiliza maioritariamente fibra de carbono, solução que acaba ajudando à redução de peso, embora não o suficiente, uma vez que o modelo ainda acusa 1.735 kg quando colocado sobre a balança. Sendo que só 635 kg dizem respeito ao peso de todo o sistema eléctrico, baterias incluídas. Ao todo e apesar da aposta em materiais ultraleves, o NIO EP9 continua a pesar quase 200 kg mais que um LaFerrari ou do que um McLaren P1.

Segundo a NextEV, não deverão ser construídas mais do que seis unidades do NIO EP9, todas elas já destinadas aos fundadores da start-up. Os carros, que funcionarão como uma espécie de embaixadores da nova marca automóvel eléctrica, podendo também ser utilizados num track day pelos investidores da NextEV, não têm preço definido, embora o fabricante assuma que o custo de construção de cada uma das viaturas deverá rondar os 1,2 milhões de dólares.

Para a start-up, o investimento não deixa de se justificar, uma vez que estas unidades contribuirão igualmente para projectar a imagem da NextEV no mercado, criando bases para quando a empresa oriental der a conhecer o seu primeiro modelo eléctrico de grande produção. O que, ao que tudo indica, será já em 2017. Até lá, delicie-se com o vídeo do NIO EP9 na volta “canhão” ao traçado de Nürburgring:

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt