França

Sondagem dá François Fillon a vencer Marine Le Pen nas presidenciais francesas

O candidato de centro-direito vence por larga margem a candidata da Frente Nacional, de acordo com este estudo de opinião. Nenhum dos socialistas consegue fazer mossa na primeira volta.

ERIC FEFERBERG/AFP/Getty Images

Autor
  • João Pedro Pincha

Se as eleições presidenciais francesas fossem agora, François Fillon ganharia facilmente a Marine Le Pen na segunda volta. Uma sondagem do centro de estudos de opinião Harris Institute mostra que o candidato, escolhido este domingo como representante do centro-direita na votação do próximo ano, venceria a candidata da extrema-direita tanto a primeira como a segunda voltas.

Fillon, que surpreendeu ao deixar para trás candidatos teoricamente mais fortes (Nicolas Sarkozy e Alain Juppé), ganharia a segunda volta com 67% dos votos contra 33% de Le Pen.

A sondagem mostra igualmente que nenhum candidato da esquerda parece ter capacidade para derrotar Fillon ou Le Pen e chegar à segunda volta. Na área socialista, Emmanuel Macron e Jean-Luc Mélenchon são os mais bem posicionados da primeira volta, embora a grande distância de François Fillon (26%) e Marine Le Pen (24%).

Se François Hollande se recandidatar — ainda não disse que o faria –, não deverá fazer grande mossa a nenhum dos candidatos da direita, de acordo com este estudo. O mesmo acontece com Manuel Valls, o primeiro-ministro, a quem a sondagem aponta um resultado igual ao do atual presidente francês.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site