Cabo Verde

Responsável pela cooperação europeia reúne-se com os PALOP e Timor-Leste

O responsável pela cooperação europeia, Stefano Manservisi, visita Cabo Verde para contactos com as autoridades e para participar na reunião de ministros dos PALOP-TL com a União Europeia.

MÁRIO CRUZ/LUSA

O diretor-geral da Cooperação Internacional e Desenvolvimento da Comissão Europeia, Stefano Manservisi, representa a União Europeia no encontro agendado para sexta-feira e que, segundo a organização, terá como ponto alto a apreciação dos projetos a financiar através do 11º Fundo Europeu de Desenvolvimento.

É esperado que o ponto mais alto desta reunião seja a apreciação dos projetos identificados para implementação no período que decorre até 2020, no valor global de Euro 30 milhões de euros, sob financiamento do 11º Fundo Europeu de Desenvolvimento”, adianta a organização.

A reunião de ministros dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e Timor-Leste (PALOP-TL) será antecedida de reuniões técnicas, na quarta e quinta-feira, para finalizar os documentos que serão submetidos à apreciação dos ministros. Durante a sua estadia, Stefano Marservisi, terá vários encontros de alto nível e visitas a instituições cabo-verdianas, no âmbito da cooperação existente entre a União Europeia e Cabo Verde.

A Cooperação entre os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e Timor-Leste (PALOP-TL) e a União Europeia que completará 25 anos de atividade em 2017, inscreve-se no quadro da parceria global entre o Grupo de Países de África, Caraíbas e Pacífico (ACP) e a União Europeia, previsto no Acordo de Cotonou.

O programa tem como objetivo apoiar os esforços de desenvolvimento de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste no fortalecimento da cooperação em áreas de interesse comum.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Autárquicas 2017

As eleições de André Ventura

Rui Ramos

Não há no que André Ventura afirmou qualquer vestígio de “racismo” ou “xenofobia”. Mas este Verão, a nossa oligarquia política precisava de inventar um Trump de palha, desse por onde desse.  

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site