Trânsito

GNR fez 23 detenções, maior parte por condução sob efeito de álcool

A GNR deteve 23 pessoas em flagrante delito, a maior parte por condução sob efeito de álcool, e encontrou 378 infrações de trânsito, 139 das quais por excesso de velocidade.

Miguel Pereira da Silva/LUSA

A GNR deteve 23 pessoas em flagrante delito, a maior parte por condução sob efeito de álcool, e encontrou 378 infrações de trânsito, 139 das quais por excesso de velocidade, anunciou hoje a força policial.

Num conjunto de operações em todo o país, realizadas entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, a Guarda Nacional Republicana (GNR) registou ainda 70 acidentes, que provocaram três feridos graves e 22 ligeiros, informa em comunicado.

Além das 11 detenções por condução sob efeito do álcool, a GNR aponta seis por tráfico de droga, duas por posse de arma proibida e uma por desobediência.

Nas ações de fiscalização no trânsito, 139 das infrações que os militares encontraram foram por excesso de velocidade e 46 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.

No decorrer daquelas operações, a GNR apreendeu 245 doses de haxixe, uma arma de fogo e uma arma branca.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site