Logo Observador
TDT

Sinal de TDT esteve com disponibilidade próxima de 100% em 2016

O sinal de televisão digital terrestre (TDT) apresentou valores de disponibilidade de serviço próximos dos 100% e nível de estabilidade de serviço elevado em 2016.

ESTELA SILVA/LUSA

O sinal de televisão digital terrestre (TDT) apresentou valores de disponibilidade de serviço próximos dos 100% e nível de estabilidade de serviço elevado em 2016, de acordo com um estudo da ANACOM.

“Globalmente, é possível afirmar que nas zonas do país onde o sinal digital de televisão chega por via terrestre a receção de televisão fez-se de forma quase permanente e sem interrupções”, lê-se no comunicado da Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) hoje divulgado, com base no estudo realizado na informação da rede de sondas espalhadas pelo país.

O destaque recai sobre a Guarda, com o maior tempo de receção de serviço, 99,96%, seguindo-se Faro, com 99,95%, e depois Viana do Castelo, com 99,94%.

Já Aveiro, Leiria e Porto são os distritos com os resultados mais baixos, ainda assim com 97,06%, 98,56% e de 99,22% de disponibilidade, respetivamente. Todos os outros distritos tiveram um desempenho acima da média nacional (99,37%).

Janeiro foi o mês em que a rede de TDT apresentou melhor desempenho, com disponibilidade de serviço de 99,77%, enquanto julho foi o mês com uma disponibilidade de serviço mais baixa (98,83%).

O regulador diz ainda que no que diz respeito à estabilidade de serviço, 2016 caracterizou-se por ser um período em que a estabilidade de serviço foi elevada, tendo dezembro sido o mês com melhor desempenho e julho o que registou menor estabilidade, já que, segundo a ANACOM, as alterações atmosféricas com a chegada do verão provocam alguma instabilidade no sinal.

O estudo do regulador detalha ainda que os dias com maior e menor estabilidade de serviço foram, respetivamente, 3 de dezembro e 8 de junho e sublinha que “importa ter em conta que mesmo quando a estabilidade do sinal é menor podem não existir alterações que sejam percetíveis para a generalidade dos utilizadores”.

Já a hora em que a rede se apresentou mais estável, com menos variações, para a receção do sinal da TDT, foi a das 12h00 (das 12h00 às 13h00), enquanto a pior hora, ainda que com estabilidade de serviço elevada, foi a da 01h00 (da 01h00 às 02h00).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Incêndios

Eu vivi um fogo. E vi quem são os heróis

Fernando Leal da Costa

Foi então que os vi. Os populares, como se lhes chama tantas vezes, montados em tratores e pick-ups equipados com depósitos e mangueiras. Chegam e, sem medo, atiram-se ao monstro que crepita fagulhas.

Pedro Passos Coelho

Antirracismo: uma patologia necrófila

Gabriel Mithá Ribeiro

Os heróis multiplicam-se porque, como é habitual entre cobardes, o fenómeno histórico do racismo deixou de existir nas sociedades maioritariamente brancas ocidentais. É apenas um cadáver em putrefação

Governo

Estado de calamidade

Manuel Villaverde Cabral
317

Continua tudo como dantes: o país está entregue ao clientelismo governamental, dependente do crescimento externo e condenado à dívida. Esta é que é a calamidade que explica as outras calamidades.

Minorias

Todos contra todos

Alexandre Homem Cristo

Não perceber que a fragmentação social está a ser alimentada pela direita e pela esquerda, através de políticas de identidade, é não entender o problema. E, claro, para ele não poder encontrar solução