Logo Observador
Celebridades

Selena Gomez e The Weeknd fotografados aos beijos

Estará encontrado o novo casal do ano? Os cantores Selena Gomez e The Weeknd foram fotografados aos beijos à saída de um restaurante e a imprensa internacional avança que a relação é oficial.

Abel Tesfaye, de 26 anos, e Selena Gomez, de 24, foram fotografados aos beijos à saída de um restaurante em Santa Monica, Los Angeles.

Getty Images

Se 2016 foi o ano das grandes separações, talvez 2017 seja o ano dos novos romances. Selena Gomez e Abel Tesfaye — também conhecido como The Weeknd — foram fotografados abraçados à saída de um restaurante em Santa Mónica, em Los Angeles, na noite da última terça-feira. As imagens, divulgadas pelo TMZ, mostram a cantora de 24 anos aos beijos com o ex-namorado de Bella Hadid. Estas ainda confirmaram a atração que The Weeknd já tinha admitido sentir pela ex-namorada de Justin Bieber no seu último single “Party Monster” onde admite precisar de alguém com — citamos — “um rabo igual ao de Selena”.

Segundo a imprensa internacional, ainda não se sabe ao certo há quanto tempo o relacionamento dura mas, avaliando pelas fotografias divulgadas, é evidente que existe algo mais do que apenas amizade entre o casal de artistas que, no ano de 2016, lideraram o top da Billboard.

O cantor canadiano terminou recentemente um relacionamento de um ano e meio com a modelo Bella Hadid. Uma fonte próxima confirmou à revista People, em novembro, que a rutura foi causada pela dificuldade de coordenar as agendas de ambos e sobretudo motivada pela promoção do novo álbum de The Weeknd. “Eles ainda gostam um do outro e permanecerão amigos”, frisou a referida fonte à publicação. Já Selena Gomez não é fotografada ao lado de Justin Bieber, a sua última relação, desde novembro de 2015.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: ssilva@observador.pt
Amor

A lição que Portugal deveria aprender com o Brasil

Ruth Manus

Foi aí que percebi que “eu te amo” seria uma belíssima solução para o amor português. Na verdade, nós no Brasil nem falamos o “eu”. Basta o “te amo”. O que importa é que é uma expressão fácil.