Estudantes

Preparado para o futuro? A BEST Week pode ser uma ajuda para os estudantes

269

Todos os estudantes universitários vão poder participar na BEST Week. Lá vão assistir a palestras, workshops e ter um contacto direto com empresas inovadoras disponíveis para aceitar candidaturas.

JBElvas

Autor
  • Miguel Videira Rodrigues

De 30 de janeiro a 1 de fevereiro, o BEST Almada (Board of European Students of Technology) vai promover a quarta edição da BEST Week na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade NOVA de Lisboa (FCT-UNL). Vão ser três dias destinados aos alunos universitários, com um foco especial nos estudantes da área de Ciências e Tecnologias, onde vão decorrer palestras e workshops destinados ao desenvolvimento de novas capacidades por parte dos estudantes. O evento conta com a “presença de empresas de renome e inovação”, indica a organização em comunicado.

A fim de desenvolver o espírito crítico dos estudantes e aproximá-los do mercado de trabalho, o BEST Almada reuniu três serviços que promove no mesmo local:

  • BEST Focus – workshops destinados a melhorar as hard skills (mais focados na parte técnica de diversas áreas) dos estudantes a fim de colocá-los em contacto com direto com alguns desafios que os podem esperar no mercado de trabalho;
  • BEST Talks – palestras que têm como objetivo divulgar desde projetos na área de inovação cientifica a realidades do mundo empresarial, incluindo também sessões de round table com personalidades de renome;
  • BEST Career Support – serviço dedicado ao recrutamento e a oportunidades de carreira para os estudantes, ajudando no contacto direto com as empresas através de bancas promocionais.

Em média, as edições anteriores contaram com a presença de 500 alunos, número que o BEST Almada espera superar este ano. As inscrições estão abertas a qualquer estudante interessado uma vez que, “apesar de ser um evento mais focado nos estudantes da FCT-UNL, estudantes de outras áreas podem desenvolver, na BEST Week, soft skills que são transversais a qualquer área, científica ou não”, explica ao Observador um dos membros da organização.

O BEST, Board of European Students of Technology, é uma organização não-governamental. Desde 1989 que proporciona comunicação, cooperação e possibilidades de intercâmbio entre estudantes de toda a Europa. Atualmente, é constituído por 94 Grupos Locais BEST, em 32 países, que trabalham e se esforçam por manter uma boa organização de estudantes.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site