António Costa

António Costa diz que Portugal tem de surfar onda da revolução digital

António Costa, defendeu que Portugal tem de surfar a onda da revolução digital sem hesitações, porque é a primeira grande oportunidade do país estar na crista de uma nova revolução industrial.

António Costa esteve esta segunda-feira na apresentação do programa Indústria 4.0 - Economia Digital

PAULO CUNHA/LUSA

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu esta segunda-feira, em Leiria, que Portugal tem de surfar a onda da revolução digital sem hesitações, porque é a primeira grande oportunidade do país estar na crista de uma nova revolução industrial.

“Este é um daqueles momentos em que não podemos hesitar: se temos medo da onda e procuramos abrigo ou se procuramos a onda e a vamos surfar. Creio que aqui não há nenhuma hesitação a ter, temos de surfar esta onda”, afirmou António Costa.

“Esta é primeira grande oportunidade de estarmos na crista de uma nova revolução industrial, sem que a distância ou a falta de recursos nos coloque em posição desfavorável”, adiantou, frisando que, pelo contrário, Portugal possui “todos os recursos que são essenciais”

Intervindo na apresentação do programa Indústria 4.0 – Economia Digital, António Costa disse ainda que a chamada revolução digital “é a primeira revolução industrial em que Portugal não parte em desvantagem”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Congresso do PSD

O PSD mudou para melhor?

Maria João Avillez

Um mínimo de seriedade face ao PSD reclama um mínimo de benefício da dúvida. Não se sabe é onde ir buscar o empolgamento. O das manhãs do início de uma nova aventura política.

Rui Rio

O que Rio pode realmente aprender com Sá Carneiro

Miguel Pinheiro

Sá Carneiro tentou várias vezes fazer acordos de regime com o PS: em 1976, em 1977, em 1978 e em 1979. Ao perceber que o PS nunca aceitaria negociar, virou-se para o CDS e ganhou com maioria absoluta.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site