Logo Observador
Caixa Geral de Depósitos

Costa diz que assunto da CGD “acabou” na segunda-feira com intervenção de Marcelo

564

O primeiro-ministro não quis comentar as últimas notícias sobre a CGD ne, as comunicações entre o ministro das Finanças e o antigo presidente do banco. Para ele, o assunto "acabou" na segunda-feira.

Autor
  • Agência Lusa

António Costa escusou-se a comentar os novos dados em torno da Caixa Geral de Depósitos e as comunicações entre o ministro das Finanças e o antigo presidente do banco, dizendo que o assunto “acabou” na segunda-feira.

O quê, ainda andam com esse assunto? Ainda não ouviram o senhor Presidente da República? Isso já acabou tudo na segunda-feira”, disse Costa, questionado sobre a matéria à margem de uma iniciativa em Oeiras.

Estas foram as únicas palavras do primeiro-ministro, que aludia à nota de segunda-feira à noite do chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, que declarou manter a confiança no ministro das Finanças, Mário Centeno, “atendendo ao estrito interesse nacional, em termos de estabilidade financeira”.

Na terça-feira, o Presidente falou também do tema para o declarar como “encerrado”, mas o alegado acordo entre o ministro das Finanças e o anterior presidente da Caixa sobre uma hipotética dispensa de apresentação de declarações de rendimentos e património no Tribunal Constitucional continua a preencher a agenda noticiosa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt