Ferrari

800 cv. Ferrari desvenda o GT mais potente de sempre

A Ferrari acaba de elevar a fasquia entre os GT, com o lançamento do 812 Superfast – modelo que, mais do que uma derivação do F12tdf, é o Ferrari de produção em série mais potente já feito.

Autor
  • Francisco António

Com o próximo Salão Automóvel de Genebra no horizonte, a Ferrari tem já pronta uma “prendinha especial” para o sapatinho dos entusiastas da marca: denominado Ferrari 812 Superfast, trata-se, nada mais, nada menos, que o mais potente modelo de produção de série produzido pela marca do Cavallino Rampante em 70 anos de história.

Com apresentação agendada precisamente para o certame suíço, o Ferrari 812 Superfast é, basicamente, uma derivação do F12tdf, do qual importa inclusivamente o incontornável V12, transformando-o, no entanto, num bloco ainda mais potente. Aplicado neste novo GT, o V12 6,5 litros vê aumentada a sua capacidade de fogo em 20 cv, além do binário em 10 Nm. Passando, desta forma, a oferecer uma potência de 800 cv às 8.500 rpm e 718 Nm de binário às 7.000 rpm. Ou seja, e no caso concreto da potência, tanto quanto o LaFerrari… sem necessidade de recurso a sistema híbrido!

Com atributos de tal dimensão, não surpreende que o 812 Superfast anuncie como velocidade máxima um valor acima dos 340 km/h, com a aceleração dos 0 aos 100 km/h a fazer-se em não mais que 2,9 segundos. Basicamente, cerca de um décimo de segundo mais rápido que o F12 mais “vulgar”.

Contudo, as novidades no novo Cavallino Rampante não acabam aqui, até porque o 812 Superfast é também o primeiro modelo da marca a estrear a nova direcção de assistência electrónica, cujo feeling e desempenho deverá ser diferente daquele que é oferecido pela tradicional direcção hidráulica.

O novo Ferrari utiliza ainda uma versão mais evoluída do sistema de quatro rodas direccionais lançado com o F12tdf e denominado Virtual Short Wheelbase 2.0, o qual, garante o construtor de Maranello, consegue ajudar a oferecer, nesta nova versão, uma maior agilidade, estabilidade e tacto da parte da direcção, quando em curva.

O 812 Superfast pesa cerca de 1.525 kg, já com fluídos e extras incluídos, ao mesmo tempo que, em termos estéticos, se assume como uma clara evolução do formato V12 Berlinetta – marcado, desde logo, por um enorme capot dianteiro debaixo do qual vive o V12, acrescido de um habitáculo alongado, tipo coupé fastback. Igualmente motivo de inspiração no desenvolvimento das linhas do novo modelo, terá sido, segundo a marca, o 365 GTB4 ‘Daytona’ de 1969.

Já para o interior, a Ferrari anuncia um ambiente fortemente desportivo, com novos elementos “flutuantes” e novos bancos desportivos, além da última versão do sistema de infoentretenimento da marca.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site