Logo Observador
Alemanha

Alemanha. Martin Schulz 11 pontos à frente de Angela Merkel em nova sondagem

134

O antigo presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, está a ganhar vantagem sobre Angela Merkel nas sondagens relativas à corrida para as eleições legislativas alemãs deste ano.

Uma nova sondagem coloca o ex-presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, à frente de Angela Merkel na corrida às eleições legislativas alemãs deste ano. Segundo a Reuters, a sondagem divulgada esta sexta-feira pela ZDF coloca 49% dos alemães do lado de Schulz e 38% com Merkel.

Trata-se de uma inversão de tendência, uma vez que a edição da sondagem da ZDF do final de janeiro dava a vantagem a Merkel por quatro pontos. Já em relação a uma outra sondagem, feita no início do mês, esta nova diferença de 11 pontos percentuais traduz-se no alargamento da distância entre Schulz e Merkel, que tinha 30%, contra 31% do antigo presidente do Parlamento Europeu.

No que toca aos partidos, o SPD de Schulz subiu seis pontos relativamente à última sondagem semelhante, tendo agora a simpatia de 30% dos alemães. Já a CDU, de Merkel, desceu dois pontos, mas ainda se mantém à frente, com 34%. Outro dado relevante é a descida da AfD, o partido anti-imigração, para os 10%, mantendo-se como terceira força política do país.

Esta sondagem mostra ainda que 30% dos alemães olham com agrado para a ideia de uma eventual coligação entre SPD, Linke e Verdes — uma espécie de “geringonça” alemã –, e 44% não apoiariam essa ideia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: jfgomes@observador.pt
Presidenciais em França

Macron, um Presidente sozinho

Alexandre Homem Cristo

O que há a festejar na (quase certa) eleição de Macron, na segunda volta, para além do facto de ele não ser Le Pen? Nada. Ele é um homem sozinho e sem força política para reformar uma França decadente