Música

Bowie 70: Camané canta “Space Oddity”

647

Ao quarto webisódio desta série, mostramos mais detalhes do disco de tributo assinado por David Fonseca. Camané foi o escolhido para interpretar uma das canções mais populares de Bowie.

Dias perfeitos em estúdio: David Fonseca, fã de Bowie e de Camané — “a melhor voz masculina que já atravessou este país”, diz — juntou ambos e pôs o momento em disco. O fadista foi o escolhido para dar voz a “Space Oddity”, um dos temas mais populares e emblemáticos da obra de David Bowie.

“O tema tinha a ver com a voz dele, e foi essa mesma voz que comandou parte do arranjo”, revela David Fonseca em mais um webisódio que apresenta Bowie 70, disco de tributo que entretanto já está disponível nas lojas.

Camané recorda aquela que terá sido a principal dificuldade na interpretação de “Space Oddity”: “No fado, em português, dizemos as palavras com muita acentuação. Em inglês não é assim, há palavras que quase não se dizem”. Ainda assim, nada mais do que detalhes. Camané não é só fã de Bowie, é fã desta canção: “Tenho uma identificação muito forte com esta letra e com esta música”.

“Space Oddity” foi lançada em single em julho de 1969 e incluída no álbum David Bowie, editado em novembro do mesmo ano.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Alemanha

Da Alemanha de Kohl à Alemanha de Merkel

Fernando Martins

Antes de ser a Alemanha de Angela Merkel, a actual Alemanha foi a Alemanha de Helmut Kohl, o chanceler da reunificação alemã. A história de Kohl é a melhor introdução à Alemanha de hoje. 

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site