Logo Observador
Livros

Do euro aos bastidores de um hotel nos novos lançamentos da FFMS

A Fundação Francisco Manuel dos Santos apresentou os novos títulos das coleções "ensaios" e "retratos" que serão lançados durante o primeiro semestre de 2017.

Djaimilia Pereira de Almeida é a autora do retrato "Ajudar a Cair", à venda em setembro

A Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS) apresentou esta quinta-feira a sua coleção de ensaios e retratos para o primeiro semestre deste ano.

Está prevista a publicação de cinco ensaios. Portugal: Paisagem Rural é assinado pelo arquiteto paisagista Henrique Pereira dos Santos. Nas palavras do autor, o livro “procura compreender como evoluiu a paisagem rural portuguesa ao longo do século XX”. No ensaio de João Amador, Portugal e o Comércio Internacional, o professor universitário identifica as respetivas “características, fraquezas e forças”. Já no ensaio de Pedro Braz Teixeira, O Euro e o Crescimento Económico, o economista e investigador procura explicar “as razões para a falta de crescimento económico português”. Estes três ensaios já se encontram à venda.

A partir de 5 de maio estarão também à venda o ensaio de Filipe S. Fernandes, Os Exportadores Portugueses, e o de Carlos Jalali, Partidos e Sistemas Partidários.

Inserido na série Retratos, Guardas de Passagem de Nível, de Carlos Cipriano, é uma “homenagem a profissões esquecidas, hoje em vias de extinção, e também aos que nas estações zelam pela segurança dos comboios”, revela o autor. Hotel, os bastidores é o livro que Inês Brasão escreveu “sobre o conjunto de atos e comportamentos invisíveis a quem se hospeda”. E de Carla Maia de Almeida, surge Em nome da filha, que espelha a “realidade das mulheres vítimas de violência doméstica e das suas relações familiares”. Estes três títulos foram editados a 15 de fevereiro.

“Em nome da filha”, de Carla Maia de Almeida

De Inês Fonseca Santos, Vale a pena? Conversas com escritores, debate o estado da arte literária com ajuda de escritores e pensadores portugueses que estará à venda a partir de 18 de maio. Trás-os-Montes – O Nordeste de J. Rentes de Carvalho também sairá em maio, a tempo da Feira do Livro.

Em setembro, o livro de Mariana Correia Pinto, Porto, última estação, estará disponível para o público. Neste retrato, a autora explora as circunstâncias “de uma população marginalizada e concentrada na Freguesia de Campanhã”. Ainda nesse mês, estará à venda Ajudar a Cair, o retrato de Djaimilia Pereira de Almeida sobre o quotidiano no Centro Nuno Belmar da Costa, em Oeiras, onde funciona a Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa.

Para António Araújo, diretor de publicações da FFMS, os ensaios são de “opinião livre e sustentada, acessível ao grande público”. Já nos retratos, podem ler-se “testemunhos sobre certas realidades”, que podem ser “pessoais, institucionais ou relativas parcelas do território”, acrescentou Araújo na mesma apresentação.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Você é mais privilegiado do que eu?

Lucy Pepper

Para os adeptos da teoria do "privilégio", devíamos passar o tempo a contabilizar as desvantagens históricas do grupo a que pertencemos, e a compará-las com as dos outros, para saber quem vale mais.