António Guterres

Bloqueio de ex-PM palestiniano pelos EUA foi um “erro grave” – Guterres

O secretário-geral das Nações Unidas classificou hoje como um "erro grave" a decisão dos EUA de bloquear a nomeação do ex-primeiro-ministro palestiniano como enviado da ONU na Líbia.

Autor
  • Agência Lusa

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, classificou hoje como um “erro grave” a decisão dos EUA de bloquear a nomeação do ex-primeiro-ministro palestiniano como enviado da ONU na Líbia.

Na semana passada, os EUA manifestaram a sua oposição à escolha de Salam Fayyad, que foi primeiro-ministro palestiniano entre 2007 e 2013, como enviado da ONU para Líbia, bloqueando a nomeação que se torna praticamente impossível sem a ‘luz verde’ do Conselho de Segurança.

“Acredito que é essencial que todos entendam que as pessoas que estão ao serviço das Nações Unidas estão a servir as suas capacidades pessoais. Elas não representam um país ou um governo”, afirmou o secretário-geral da ONU na Conferência de Segurança de Munique.

Guterres disse ainda que Fayyad “era a pessoa certa no lugar certo no momento certo”.

Desde 2011, quando Kadafi foi assassinado, que a Líbia vive em clima de agitação social.

Na semana passada, a embaixadora norte-americana nas Nações Unidas, Nikki Haley, afirmou que o seu país estava “dececionado” com a opção do secretário-geral da ONU, António Guterres, para o cargo e mostrou a sua frontal oposição.

“Durante demasiado tempo a ONU foi injustamente parcial a favor da Autoridade Palestiniana em detrimento dos nossos aliados em Israel”, disse a diplomata, na altura.

Nikki Haley recordou que Washington “não reconhece atualmente um Estado palestiniano e não apoia o sinal que esta nomeação enviaria no seio das Nações Unidas”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site