Logo Observador
Montepio

Montepio sobe para 1,7% estimativa de crescimento económico de 2017

O banco Montepio reviu em alta a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano, esperando agora que a economia avance 1,7% em 2017.

Em cadeia, a economia cresceu 0,6% no quarto trimestre

Autor
  • Agência Lusa

O banco Montepio reviu em alta a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano, esperando agora que a economia avance 1,7% em 2017, depois de ter crescido acima das estimativas no ano passado.

“Para 2017, fruto do carry-over [efeito de arrastamento], revimos em alta a nossa previsão de crescimento do PIB, de 1,5% para 1,7%”, afirmam os analistas do Montepio, na publicação semanal de economia e mercados divulgada esta segunda-feira.

Na semana passada, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou a estimativa rápida do PIB de 2016, revelando que a economia cresceu 1,4% no conjunto do ano, superando as expectativas dos analistas – sendo que o Montepio previa, tal como o Governo, que o PIB avançasse 1,2% no ano passado.

Em cadeia, a economia cresceu 0,6% no quarto trimestre, “suportada unicamente pela procura interna”, que passou de um contributo negativo no terceiro trimestre para positivo, traduzindo, “principalmente, a evolução do investimento”, explica o Montepio.

“Em sentido contrário, a procura externa líquida passou a registar um contributo negativo, observando-se um forte aumento das importações totais. Assim, estimamos um crescimento do consumo privado (+0.5%) e uma subida do investimento, quer devido à variação de existências, já que o investimento em capital fixo (FBCF) terá subido cerca de 1,5%”, descrevem os economistas do banco.

No Orçamento do Estado para 2017 (OE2017), o Governo estimava um crescimento económico de 1,5% este ano, mas o PS, partido do executivo, admitiu, após a divulgação da estimativa rápida do INE, que o crescimento registado no último trimestre do ano passado permite considerar “mais provável” que seja ultrapassada a meta inscrita para 2017.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Açores

O despertar da bela adormecida?

Maria João Avillez

E sobre isso, um véu de melancolia tão pesado e uma solidão tão desolada que moldaram os poetas, politicos e pintores que os Açores nos deram.