Logo Observador
Limpeza de Pele

10 desmaquilhantes para depois do Carnaval

Se já está a planear pintar a cara de dourado ou carregar na maquilhagem porque é Carnaval e ninguém leva a mal, saiba quais são os passos e os produtos certos para a sua pele sair ilesa da festa.

Autor
  • Helena Magalhães

O Carnaval é a altura mais divertida do ano — aquela em que podemos voltar à nossa infância, mascararmo-nos das personagens do nosso coração e pintar o rosto como se tivéssemos novamente cinco anos. Mas depois chegamos a casa, temos de tirar todas as pinturas e é a nossa pele que grita e nos lembra que os cinco anos já lá vão. Porque as pinturas de Carnaval não são propriamente como a maquilhagem comum, tem de lembrar-se de duas coisas: primeiro, proteger. E depois, limpar, limpar, limpar.

É preciso ter em mente que as fórmulas para este tipo de maquilhagens são altamente pigmentadas — muitos pretos, dourados e brilhantes — porque têm de criar uma cobertura muito mais pesada. E, normalmente, deixamo-las na pele durante longas horas. Se a noite foi divertida, a manhã seguinte pode não ser igual — irritações, pele sensível e erupções são algumas das consequências com que se pode lidar no pós-carnaval.

Antes de se agarrar ao YouTube para ver tutoriais de pinturas, proteja a sua pele:

  • Nunca se pinte sem aplicar um bom hidratante com ação de longa duração para proteger ao longo das horas em que vai ter o rosto carregado de cores.
  • Se comprou pinturas próprias para Carnaval, teste-as no braço dois dias antes de a aplicar no rosto para ter a certeza que não vai fazer alergia a nenhum dos ingredientes (por vezes estranhos) deste tipo de pigmentos.
  • E, claro, não compre pinturas cujos ingredientes ou marcas não conhece.
  • Não coloque nos olhos pinturas que dizem que são especificamente para o rosto.
  • Nem adormeça com as pinturas na pele (por mais copos que tenha bebido na festa).
  • E — isto tem de ser pensado à priori — tenha os produtos desmaquilhantes certos para não chegar a casa e deparar-se com um produto que não está a limpar todos os pigmentos que usou. Opte também por fórmulas que deixem a pele confortável, hidratada e com efeito calmante porque, acredite, vai valer a pena.

Águas micelares, desmaquilhantes à base de óleo ou mesmo óleos desmaquilhantes são as melhores opções porque são os produtos que mais facilmente conseguem dissolver os detritos à base de óleo, como a maquilhagem pesada. Na fotogaleria, em cima, temos 10 sugestões potentes para que, depois da festa, a sua pele consiga dormir em paz.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Amor

A lição que Portugal deveria aprender com o Brasil

Ruth Manus
157

Foi aí que percebi que “eu te amo” seria uma belíssima solução para o amor português. Na verdade, nós no Brasil nem falamos o “eu”. Basta o “te amo”. O que importa é que é uma expressão fácil.