Logo Observador
NATO

Chefe da NATO pede aos aliados para “atenuarem conflito”

O secretário-geral da NATO apelou hoje aos 28 Estados-membros para "atenuarem o nível de conflito" após ministros turcos terem sido impedidos de viajar para a Alemanha e Holanda, originando uma inédita tensão entre os três países aliados.

STEPHANIE LECOCQ/EPA

O secretário-geral da NATO apelou hoje aos 28 Estados-membros para “atenuarem o nível de conflito” após ministros turcos terem sido impedidos de viajar para a Alemanha e Holanda, originando uma inédita tensão entre os três países aliados.

Jens Stoltenberg disse que a força da NATO consiste em estabelecer um debate “robusto e aberto”, mas acrescentou que a “retórica e a escolha de palavras” deve ser abandonada.

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, dirigiu ataques verbais à Alemanha e à Holanda, após diversos membros do seu Governo terem sido impedidos de promover comícios eleitorais nos dois países europeus, no âmbito do referendo constitucional de 16 de abril que vai decorrer no país euro-asiático e destinado a reforçar os poderes do chefe de Estado. Ancara também anunciou uma série de sanções políticas contra a Holanda.

Erdoğan acusa Holanda de “remanescências nazis” por impedir voo de ministro a Roterdão

Stoltenberg, ex-ministro social-democrata norueguês, deslocou-se esta quinta-feira à Dinamarca para encontros com deputados do parlamento de Copenhaga.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Ásia

A Índia de Modi

Diana Soller

A política externa da Índia para os Estados Unidos, até hoje, pode ser resumida em três R: Ressentimento, Reciprocidade e Reconhecimento.

iPhone

Quem disse que apontar o dedo é feio?

Pedro Aniceto

Em 2007 Steve Jobs desdisse toda a gente e matou, com um só golpe, a indústria de canetas de plástico. E alguns egos, demonstrando que a indústria de paradigmas é um mercado instável que pode ferver.