Logo Observador
Defesa

Exercício militar Obangame Express mobiliza 16 países do Golfo da Guiné

Dezasseis países participam a partir de sexta-feira no exercício militar Obangame Express 2017, de treino e operacionalização das forças de segurança no combate às ameaças na região do Golfo da Guiné.

Ana Freitas/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Dezasseis países, incluindo Cabo Verde, participam a partir de sexta-feira no exercício militar Obangame Express 2017, de treino e operacionalização das forças de segurança no combate às ameaças na região do Golfo da Guiné.

Cabo Verde, Costa do Marfim, Gana, Togo, Benim, Camarões, Nigéria, Gabão, São Tomé e Príncipe, República Democrática do Congo, República do Congo, Angola, Senegal, Guiné-Conacri e Serra Leoa são os países participantes no exercício, que decorre até 31 de março.

Cabo Verde participa no exercício com o navio patrulha “Guardião” da Guarda Costeira e uma guarnição de 29 militares em águas sob a jurisdição do Senegal, segundo informação das Forças Armadas de Cabo Verde. O Centro de Operações de Segurança Marítima (COSMAR), localizado na cidade da Praia, será o centro da operação marítima do exercício em Cabo Verde.

Treinar e operacionalizar as forças de segurança no combate ao tráfico de drogas, armas e pessoas, no controlo da pesca ilegal e da poluição, bem como na busca e salvamento marítimos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt