Logo Observador
Bruxelas

Explosão enorme em Bruxelas faz vários feridos

273

Uma explosão atingiu este sábado um bairro "português" em Bruxelas. Na origem do acidente poderá estar uma fuga de gás num edifício de três andares. Há registo de vários feridos.

Imagem retirada da conta de Twitter @85DaPaulo

Uma enorme explosão fez-se sentir este sábado, dia 18 de março, no centro de Bruxelas. A explosão aconteceu no interior de um prédio em Sainte-Gilles, bairro onde vive uma grande comunidade portuguesa, por volta das 16h00 (menos uma hora do que em Portugal continental). A explosão foi seguida de um incêndio que já estará controlado.

Segundo os relatos dos média locais, há registo de dois feridos (um deles grave). Já o autarca de Saint-Gilles, Charles Picqué, fala em sete feridos e relata que ainda estão à procura de pessoas por entre os escombros. O jornal Le Soir escreve que uma oitava pessoa foi dada como desaparecida, citando fonte dos bombeiros.

Por razões de segurança, 15 moradores foram evacuados e uma empresa irá aferir quais os edifícios afetados na sequência da explosão.

Apesar de a causa ainda não ser conhecida, há fortes indícios de que se trate de uma fuga de gás. A RTL dá conta que, na sequência da explosão, os três andares do edifício desabaram.

Durante um tempo alguns transportes públicos foram suspensos.

São muitos os relatos na rede social Twitter que dão conta de uma grande explosão, na forma de imagens e vídeos.

De recordar que a 22 de março de 2016 Bruxelas sofreu um dos piores ataques da sua história, o qual tirou a vida a 32 pessoas e feriu mais de 320.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: acmarques@observador.pt
Atentados de Bruxelas

Um ano de cinzas

Alexandre Krauss
162

Não consigo passar o terminal do aeroporto de Bruxelas sem estar em alerta para algo suspeito. Mas algo mais mudou em mim: nunca foi tão forte o meu empenho em ajudar a reformar o Projecto Europeu.