Logo Observador
Cubo de Rubik

Criador do cubo mágico demorou um mês a resolver o próprio enigma

Erno Rubik, o grande criador do famoso cubo de Rubik - também conhecido como 'cubo mágico '-, admitiu que demorou um mês para resolver o próprio enigma.

Com mais de 43 triliões de hipóteses possíveis, Rubik revelou que demorou um mês a encontrar a solução para o enigma que tinha criado

Erno Rubik, o criador do famoso cubo de Rubik – também conhecido como ‘cubo mágico’ -, admitiu que demorou um mês para resolver o próprio enigma, conta a Quartz. Tudo começou em 1974, quando Rubik, na altura professor de design e escultor, tinha 29 anos, vivia ainda com a mãe e teve a ideia de começar a brincar com cubos de madeira: uns pensavam que de tratava apenas de um trabalho para os seus alunos, outros diziam que o designer procurava divertir-se e ver até onde aquele projeto o levava.

Colou papel de várias cores em todos os lados, uniu-os com uma corda elástica e começou a torcê-los.

Foi maravilhoso ver como depois de algumas voltas as cores ficaram misturadas, aparentemente de forma aleatória. Foi imensamente gratificante ver este desfile de cores. Foi como se depois de um agradável passeio a ver muitos locais agradáveis decidisse voltar a casa e, depois de uma certa altura, decidi que era tempo de voltar a casa. Vamos voltar a pôr os cubos em ordem. E foi esse o momento que eu me deparei com o grande desafio: qual é que é o caminho para casa?”, revelou Erno Rubik em declarações à revista Discover, citadas pela Quartz.

Conclusão da história: o criador do cubo mágico não sabia como desvendar o enigma e voltar a pôr as cores em ordem. Com mais de 43 triliões de hipóteses possíveis, Rubik revelou que demorou um mês a encontrar a solução para o enigma que tinha criado.

“Eu lembro-me tão bem bem quando lhe mostrei [à mãe] que tinha encontrado a solução do problema e o quão feliz ela estava na esperança de que a partir de então eu não iria perder tanto tempo com ele”, admitiu Erno Rubik.

Desde então, estima-se que já foram vendidos mais de 350 milhões de cubos de Rubik no mundo inteiro. O puzzle, que atingiu o pico da sua popularidade na década de 80, demonstra ainda continuar a despertar a atenção e fascínio das pessoas e, hoje em dia, já existem tutoriais no Youtube que ajudam a aprimorar a técnica e dão dicas para chegar à solução mais facilmente.

Atualmente, o maior recordista do mundo com um cubo mágico nas mãos é australiano, conseguindo solucionar o quebra-cabeças em apenas 4,73. Mas existem muitas formas (até insólitas) de resolver o cubo e muitos recordes quebrados, como o Observador já explicou.

As formas mais incríveis de resolver o Cubo de Rubik

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Terrorismo

Um homem, um gesto

Laurinda Alves

Fernando Álvarez fez sozinho o minuto de silêncio e humanamente ganhou em toda a linha. Harry Athwal, que permaneceu ajoelhado ao lado do rapazinho, deu um testemunho admirável de coragem e humanidade