Logo Observador
Lisboa

Encontrado corpo de mulher a boiar no rio Tejo junto a Santa Apolónia

O corpo de uma mulher com cerca de 50 anos foi encontrado a boiar no Rio Tejo, junto à doca de Santa Apolónia, esta segunda-feira de manhã. O alerta às autoridades foi dado por volta das 8h30.

PAULO NOVAIS/LUSA

O corpo de uma mulher com cerca de 50 anos foi encontrado a boiar no Rio Tejo, junto à doca de Santa Apolónia, esta segunda-feira de manhã. O alerta às autoridades foi dado por volta das 8h30.

A identidade da vítima ainda não foi apurada, uma vez que não foram encontrados documentos de identificação.

De acordo com o que o Observador conseguiu apurar junto da Polícia Marítima, o cadáver não tem indícios de morte violenta. O estado de decomposição do corpo não é avançado, pelo que se presume que não tenha estado muito tempo dentro de água.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
União Europeia

Brexit, o teste ao futuro europeu

Helena Garrido

Se a saída do Reino Unido da União Europeia for um sucesso, outros cairão na tentação e o projecto não resistirá. Se for um fracasso, de tensão política e crise económica, a UE ainda se desunirá mais.