França

Macron permanece como favorito à vitória no dia do primeiro debate televisivo

Emmanuel Macron mantém a dianteira nas Presidenciais francesas numa sondagem publicada este fim de semana. Hoje decorre o primeiro grande debate com os cinco candidatos na TF1.

JEAN-FRANCOIS MONIER/AFP/Getty Images

Autor
  • Miguel Videira Rodrigues

Emmanuel Macron, o candidato centrista, permanece como favorito para ganhar as eleições presidenciais francesas de abril, segundo indica uma sondagem realizada no domingo, véspera do primeiro debate televisivo na TF1 em que os cinco candidatos estarão presentes. A primeira ronda de votos, segundo a sondagem, deixa Macron à frente dos adversários com 26,5%. Já Marine Le Pen, candidata do partido de extrema-direita Frente nacional, não fica muito atrás, com 26% dos votos, segundo a sondagem realizada pela Odoxa.

Já o ex-primeiro ministro e candidato à Presidência pelos republicanos, François Fillon, desceu nas sondagens – uma tendência desde que começaram os escândalos relacionados com Fillon e com os empregos fictícios da sua mulher. Atualmente está abaixo de Macron e Le Pen com 19% dos votos. No entanto, o grande debate de hoje está a ser encarado como uma oportunidade de o candidato conservador recuperar alguma da margem perdida.

François Fillon em queda após escândalo e pressionado a desistir

Já uma sondagem realizada pela Kantar Sofres-Onepoint mostra Macron e Le Pen empatados, ambos com 26% dos votos, e Fillon com um número inferior a 17%.

O socialista Benoît Hamon aparece nas sondagens de fim de semana com valores entre 12 e 12,5% dos votos. No dia em que as sondagens foram realizadas, Hamon terá tentado chamar a atenção dos apoiantes de esquerda, numa manifestação em Paris, acusando Fillon e Macron de terem “uma campanha poluída de dinheiro”.

Esta segunda-feira à noite vai decorrer o primeiro debate televisivo onde estarão presentes os cinco candidatos: Emmanuel Macron, Marine Le Pen, François Fillon, Benoît Hanon e Jean-Luc Mélenchon.. Tal como Fillon, também Hamon espera conseguir ganhar algum terreno face aos restantes candidatos. Na última sondagem, que já colocava Le Pen em segundo lugar, a diferença entre a candidata de extrema-direita e o candidato centrista era de 1%, valor que, nestas novas sondagens, acabou por ficar mais semelhante com algumas sondagens a indicarem um empate entre os dois candidatos.

França. Sondagem dá vitória a Macron na primeira volta, Le Pen cai para segunda

Os franceses terão oportunidade de votar na primeira volta das Presidenciais a 23 de abril – a segunda ronda está agendada para 7 de maio.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site