Redes Sociais

Este casal ganha até 8.500 euros por cada foto no Instagram

191

Jack Morris e Lauren Bullen conheceram-se numa viagem em trabalho e fizeram do amor um negócio. Agora ganham entre 2,8 e 8,5 mil euros por cada foto que colocam juntos no Instagram. Sempre a viajar.

Instagram

Em março de 2016, Jack Morris e Lauren Bullen foram convidados para representar uma marca nas ilhas Fiji. Nunca se tinham conhecido, mas ambos levavam a vida a viajar desde que tinham acabado o ensino secundário. Tinham 17 anos quando largaram os livros para trabalhar, mas cinco anos depois foram de mochila às costas viajar pelo mundo e mostrar nas redes sociais o que estavam a descobrir.

Conheceram-se aos 25 e tornaram-se “inseparáveis desde o primeiro dia até ao fim da viagem”. Na última noite nas Fiji, Jack Morris deu o primeiro passo e convidou Lauren para ir com ele para Bali no dia seguinte. Ela disse que sim. Agora, o amor que os une rende entre 2.800 e 8.500 euros por cada fotografia paradisíaca que publicam no Instagram. Sempre a viajar pelo mundo.

As contas de Jack e Lauren são algumas das que reúnem maior sucesso nas páginas de Instagram fora do mundo dos famosos: ele, natural de Manchester, tem dois milhões de seguidores e ela já tem 1,2 milhões. Embora em solteiros ambos já fossem procurados para representar companhias de turismo e de viagens, o casal apercebeu-se que as fotografias conquistaram ainda mais clientes desde que assumiram a relação. Começaram a pesquisar por destinos no Pinterest, através de amigos ou seguindo outras contas no Instagram e já passearam por 45 países juntos. Sempre com todas as estadias, alimentação e visitas completamente pagas por patrocinadores nos quais “acreditamos verdadeiramente”, garante o casal no seu site oficial, Do You Travel.

Com 26 anos e sempre a viajar, Jack Morris não nega ter vontade de assentar e até admite casar “se ela disser que sim”, mas não sabe onde: “Há um ano andava por aí sozinho com um saco às costas sem saber para onde ia no dia seguinte. Agora vivo em Bali com o amor da minha vida. Acho que o inesperado pode acontecer, por isso tento não planear demais o futuro. Adoro viver o momento e aceitar cada dia como ele chega”, explica Jack. Bali é um testemunho dessa vontade que Jack sente de ter alguma tranquilidade no seu estilo de vida, admite: “Eu continuo a viajar todos os meses, mas é tão bom ter uma casa para onde voltar no final de cada viagem”. Mas a vida no Instagram “é menos de 5% do que é a vida fora do Instagram”, diz Jack: “Nunca tentaria retratar algo que não sou, mas claro que não mostro todos os aspetos da minha vida”.

Time for a mojito at the Bionic Bar ???? ???? @royalcaribbean #RoyalCaribbean #ComeSeek #Spons

A post shared by LAUREN BULLEN (@gypsea_lust) on

Para quem pretende começar um projeto como este, Jack Morris diz que o segredo está em “divertir-se e seguir a paixão” sem planear demasiado as viagens. Só assim alguém pode ser considerado um “criador de influências” pelas marcas: sugerir uma imagem de “perseverança, originalidade e paixão”. Isso e ter cuidado com a estética das imagens que se publicam: Jack Morris prefere tirar fotografias uma foto a seguir nascer do sol, escolher filtros sempre semelhantes para que a página de Instagram sugira um estilo próprio (costuma usar um MacBook Pro e o Lightroom para editar imagens) e aproveitar sempre que possível a luz natural.

Este ano, o casal pretende viajar até ao Taiti, conhecer a América do Sul e passear pela Irlanda. Veja algumas das suas últimas viagens nas 28 fotos na fotogaleria. E siga o Instagram de Jack Morris e Lauren Bullen nos links indicados nos nomes.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt
António Costa

Pelos caminhos de Portugal

Paulo Tunhas

António Costa acha que “este ano foi particularmente saboroso para Portugal”. Houve, é verdade, os mortos dos fogos, houve Tancos, houve o caso da Raríssimas. Mas que importa isso?

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site