Logo Observador
Política

Deputados do PSD voltam a questionar Governo sobre Base Aérea de Monte Real

Os deputados do PSD voltaram a questionar o Governo sobre a abertura da Base Aérea de Monte Real e a possibilidade de essa estrutura ser usada por voos de baixo custo.

Os deputados sublinharam a importância que este facto teria para a região.

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

Os deputados do PSD voltaram a questionar o Governo sobre a abertura da Base Aérea de Monte Real e a possibilidade de essa estrutura ser usada por voos de baixo custo, sublinhando a importância que este facto teria para a região. Na pergunta enviada ao ministro do Planeamento e Infraestruturas, os deputados recordam que em fevereiro questionaram a tutela sobre as previsões para a abertura da Base Aérea de Monte Real à aviação civil.

Na resposta, dada em março, o ministro referiu que “o Governo considera que o debate sobre a eventual utilização civil da Base Aérea de Monte Real não deve ser concomitante com o projeto atualmente em curso para a Base Aérea do Montijo, pelo impacto que tal perspetiva teria na operacionalidade das Forças Armadas”, citam os deputados.

Na opinião dos subscritores, esta “não responde às questões formuladas na pergunta apresentada em fevereiro”, pois consideram que a “eventual opção por uma determinada base aérea para ser utilizada por voos civis deve ter por base estudos onde sejam analisadas as várias opções”.

Os deputados reforçam com a opção do papa Francisco, que irá aterrar na Base Aérea de Monte Real, para a sua deslocação ao Santuário de Fátima, em maio, o que “constitui mais uma prova da importância estratégica da abertura” desta base à aviação civil.

A sua localização geográfica, no Centro de Portugal, próxima do Santuário de Fátima e de vários locais classificados como Património Mundial (Batalha, Tomar, Alcobaça e Coimbra) “não pode continuar a ser ignorada, numa altura em que o Turismo aparece como um fator de grande importância estratégica para Portugal”.

“A existência de um Aeroporto de baixo custo no Centro de Portugal seria um investimento âncora de grande importância que iria potenciar ainda mais toda esta região”, salientam os deputados, ao questionarem o ponto de situação dos estudos para que a Base Aérea de Monte Real possa ser usada por voos de baixo custo e se foi levantado algum problema ao nível de segurança, que impeça a abertura da estrutura à aviação civil.

Outras perguntas colocadas foram: “Caso não tenha sido levantado nenhum problema ao nível da segurança, o Governo pretende contribuir para tornar possível a abertura da base aérea de Monte Real à aviação civil? Pretende o Governo avançar, no curto prazo, com a utilização civil da Base Aérea de Monte Real e da Base Aérea de Montijo à aviação civil? Caso a resposta à pergunta anterior seja positiva, quais os motivos porque o Governo ainda não fez qualquer referência à Base Aérea de Monte Real, apesar da sua grande importância estratégica?”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Comunismo

PCP continua a falsificar a História

José Milhazes
1.117

O PCP criou um site para celebrar os 100 anos da revolução bolchevique de 1917, mas abre-o logo com uma fotografia falsificada de Lenine. Trata-se apenas da primeira de muitas falsificações históricas