Logo Observador
Incêndios

Dominado incêndio no parque Peneda Gerês

250

O incêndio que reacendeu cerca das 06h52 no concelho de Ponte da Barca, em zona do Parque Nacional Peneda Gerês foi dominado às 11h27, após a intervenção de um meio aéreo.

HUGO DELGADO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O incêndio que reacendeu cerca das 06h52 no concelho de Ponte da Barca, em zona do Parque Nacional Peneda Gerês (PNPG) foi dominado às 11h27, após a intervenção de um meio aéreo, disse à Lusa fonte da proteção civil.

Segundo a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo permanecem no terreno 39 operacionais apoiados por 13 viaturas.

Aquele incêndio entrou em fase de rescaldo na quinta-feira às 20:49 e reacendeu cerca das 06:52 de hoje.

Na altura, contactado pela agência Lusa, o adjunto do comando dos bombeiros voluntários de Ponte da Barca, Jorge Gonçalves, que é responsável pelas operações no terreno, referiu que “uma frente ativa, na freguesia de Ermida”.

“As chamas lavram numa zona de escarpa, não acessível ao combate terrestre. Só os meios aéreos é que podem operar naquela zona”, frisou aquele responsável.

O incêndio deflagrou no lugar de Lourido, freguesia de Entre Ambos-os-Rios, naquele concelho do distrito de Viana do Castelo.

Na quinta-feira, as chamas chegaram a ter três frentes ativas “viradas às povoações de Ermida, Germil e Sobredo”, todas na área do PNPG.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Incêndios

Eu vivi um fogo. E vi quem são os heróis

Fernando Leal da Costa
3.332

Foi então que os vi. Os populares, como se lhes chama tantas vezes, montados em tratores e pick-ups equipados com depósitos e mangueiras. Chegam e, sem medo, atiram-se ao monstro que crepita fagulhas.

Terrorismo

Um homem, um gesto

Laurinda Alves

Fernando Álvarez fez sozinho o minuto de silêncio e humanamente ganhou em toda a linha. Harry Athwal, que permaneceu ajoelhado ao lado do rapazinho, deu um testemunho admirável de coragem e humanidade