Logo Observador
Sapatos

Luís Onofre é o novo presidente da Associação do Calçado

1.282

Luís Onofre, designer português de calçado, vai suceder a Fortunato Frederico, líder do grupo que detém a Fly London, na presidência da Associação do Calçado portuguesa.

A APICCAPS é uma associação empresarial de âmbito nacional com sede no Porto, fundada em 1975

Foto Ugo Camera

Luís Onofre, designer português de calçado, foi eleito esta sexta-feira presidente da Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS). O designer irá suceder a Fortunato Frederico, líder do grupo que detém a Fly London, que foi presidente da associação durante 18 anos.

Luís Onofre foi convidado pela direção de Frederico Fortunato, que anunciou em fevereiro não se recandidataria a um novo mandato, a criar uma lista que desse continuidade ao trabalho desenvolvido pelo agora ex-presidente. A lista A, de Onofre, tinha como lema “valorizar uma indústria vencedora” e prometeu manter “a equipa de empresários que ajudou a tornar a APICCAPS num exemplo do movimento associativo, em Portugal e no estrangeiro”.

Não procuro visibilidade – antes, valorizar um projeto vencedor. Este não é um tempo de ruturas. A meu lado terei a equipa de empresários que ajudou a tornar a APICCAPS num exemplo do movimento associativo, em Portugal e no estrangeiro”, disse Luís Onofre no momento em que apresentou a sua candidatura.

Onofre derrotou nas eleições Sérgio Cunha, que presidia à mesa da assembleia-geral da Associação. Cunha apresentou uma candidatura na qual propunha uma renovação da associação, no último dia do prazo para entrega de candidaturas. Em 42 anos, esta foi a primeira vez que um processo eleitoral, que teve com taxa de participação superior a 80%, foi disputado por duas listas.

Associação do setor do calçado vai a votos pela primeira vez com dois concorrentes

A APICCAPS é uma associação empresarial de âmbito nacional com sede no Porto, fundada em 1975 e que representa toda a fileira do calçado em Portugal (indústria de calçado, indústria de componentes para calçado, indústria de artigos de pele e indústria e comércio de bens de equipamento).

A associação é constituída por 1834 empresas, responsáveis por 45 164 postos de trabalho (dados do Ministério do Trabalho alusivos a 2015), a fileira do calçado exporta mais de 90% da sua produção, o equivalente 2.250 milhões de euros no final de 2016.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt