Tailândia

Seis militares mortos em explosão de bomba no sul da Tailândia

Seis soldados tailandeses morreram na explosão de uma bomba, colocada na berma duma estrada, no sul do país, informaram esta sexta-feira fontes militares.

Os ataques com armas ligeiras, homicídios e atentados com explosivos no país acontecem quase diariamente

AFP/Getty Images

Autor
  • Agência Lusa

Seis soldados tailandeses morreram na explosão de uma bomba, colocada na berma duma estrada, no sul do país, informaram esta sexta-feira fontes militares.

O atentado ocorreu na quinta-feira no distrito de Chanae, na província de Narathiwat, indicou o porta-voz do Comando de Operações de Segurança Interna na região sul da Tailândia, Yutthanam Petchmuang, à agência noticiosa espanhola EFE.

A bomba foi colocada na berma da estrada e detonada à passagem do veículo por supostos membros da insurgência muçulmana que também terão aberto fogo contra a viatura. Quatro militares morreram no local do ataque, enquanto dois não resistiram aos ferimentos e morreram já no hospital.

Os ataques com armas ligeiras, homicídios e atentados com explosivos nas províncias de Yala, Pattani e Narathiwat acontecem quase diariamente, apesar do destacamento de cerca de 40 mil efetivos das forças de segurança. O estado de exceção está em vigor desde 2005. Mais de 6.700 pessoas, na maioria civis, morreram no sul da Tailândia desde que o movimento separatista muçulmano voltou a pegar nas armas em 2004, segundo um balanço da organização Deep South Watch.

O último governo eleito da Tailândia iniciou em 2013 o diálogo com os rebeldes daquela região de maioria muçulmana. O golpe de Estado no ano seguinte suspendeu as conversações. A junta militar tentou retomar as conversações com veteranos militantes no exílio. O principal grupo rebelde, Frente Nacional Revolucionária, demarcou-se das negociações com Banguecoque.

Os rebeldes denunciam a discriminação que sofrem por parte da maioria budista da Tailândia e exigem a criação de um Estado islâmico que integre estas três províncias que configuravam o antigo sultanato de Pattani, anexado pela Tailândia há um século.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site