Fraude

Cartoonista que alegou ter criado o Panda do Kung Fu foi condenado a dois anos de prisão

Jayme Gordon alegou ser o criador do Panda do Kung Fu. As alegações eram falsas e o cartoonista foi condenado por fraude a dois anos de prisão e a uma multa de três milhões de dólares.

Getty Images

Autor
  • Miguel Videira Rodrigues

Jayme Gordon foi condenado a dois anos de prisão por ter alegado ser o criador do Panda do Kung Fu – filme de animação da DreamWorks. Gordon terá preenchido um processo de direitos de autor, em 2011, onde alegava que a DreamWorks Animation lhe tinha roubado a personagem e a história. O cartoonista vai ainda ter de pagar três milhões de dólares à produtora por danos causados durante o processo legal.

Gordon, de 51 anos, processou a DreamWorks por infringir direitos de autor referentes ao filme de animação Panda do Kung Fu. O cartoonista pedia 12 milhões de dólares à produtora que recusou aceitar o acordo e o processo prolongou-se por mais dois anos, tendo custado três milhões de dólares à DreamWorks em despesas legais.

O cartoonista terá visto o trailer do filme de animação e comparou as personagens com outras desenhadas pelo próprio que, ao que tudo indica, em nada eram semelhantes. No entanto, o artista mudou o nome dos desenhos previamente criado e deu-lhes o nome de “Kunf Fu Panda Power” (O Poder do Panda do Kung Fu).

Mais tarde foi descoberto que o cartoonista teria criado alguns dos seus desenhos com base num livro para colorir que tinha personagens da Disney, como o Rei Leão. Gordon apagou as provas do seu computador e foi acusado de mentir sob juramento. Em novembro foi acusado de fraude e perjúrio.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Aquecimento Global

Salvem-nos dos salvadores do mundo

Paulo Tunhas

Na controvérsia sobre o chamado aquecimento global, a dimensão científica e a dimensão política quase se confundem. Há uma passionalidade extrema que vicia a discussão de forma muito notória.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site