Logo Observador
Elétricos

Revero. Sai Fisker, entra Karma, começam entregas

Marca nascida das cinzas da falida Fisker Automotive, a Karma Automotive acaba de, ainda que com um ligeiro atraso, dar início ao processo de entregas do Revero. Para já, apenas nos EUA.

Autor
  • Francisco António

Depois de ter agendado as primeiras entregas para o primeiro trimestre de 2017, a Karma Automotive acaba de dar um novo passo com vista ao garantir um lugar no mercado automóvel, ao começar a entregar as primeiras unidades do seu modelo inaugural, o Revero. Para já, disponível apenas no mercado norte-americano.

A ocasião foi, de resto, assinalada com a emissão de um spot televisivo num dos maiores canais de televisão norte-americanos, a CBS, durante a transmissão do Campeonato Norte-Americano de Polo ao Ar livre, que a Karma patrocina. E que, intitulado “Delivery” (entrega), mostra, precisamente, a entrega do coupé desportivo híbrido plug-in, nos estados norte-americanos da Califórnia e da Florida.

O momento foi ainda aproveitado pelo director financeiro da Karma Automotive, Jim Taylor, para afirmar que “este spot publicitário anuncia o renascimento de uma das mais honradas silhuetas da história do automóvel”.

Híbrido plug-in com 408 cv de potência

Apesar de marcar o nascimento de uma nova marca, o Karma Revero pouco mais é do que uma versão renovada e actualizada do híbrido plug-in Fisker Karma que a falida Fisker Automotive desenvolveu, e que os chineses do Wanxiang Group acabaram por comprar em leilão, em Fevereiro de 2014.

Em termos de motorizações, o Revero vai estar disponível, nesta fase inicial de lançamento, apenas com um único grupo motopropulsor híbrido (a marca não revela informações sobre o motor de combustão que está na base), a debitar 408 cv de potência, e com uma autonomia anunciada para mais de 482 km – dos quais, 80 km podem ser feitos em modo exclusivamente eléctrico. Já a velocidade máxima anunciada é de 201 km/h, a que se junta uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 Km/h em 5,4 segundos.

Quanto ao carregamento das baterias, que se presumem serem de iões de lítio, demora cerca de 10 horas, numa tomada de 16 amperes e com uma corrente de 120V. Já em tomadas com uma potência de 480V e 110 amperes, o Karma deverá poder carregar até 80% da bateria, em apenas 24 minutos, garante o fabricante.

Depois dos EUA, chega o made in China

Segundo o plano de recuperação elaborado pelos novos donos, as primeiras unidades do Revero serão produzidas nos EUA, mais concretamente, na Califórnia, de forma quase artesanal. Mas, a partir daí, a produção passará ser feita numa fábrica localizada na China.

Refira-se ainda que a Karma Automotive tinha estipulado como objectivo a produção de, pelo menos, 900 unidades do modelo, logo no primeiro ano. Isto apesar de o modelo original, o Fisker Karma, não ter vendido mais de 2.000 exemplares durante o período em que se manteve em comercialização.

Finalmente, no que toca a preços, espera-se que o sedan desportivo híbrido de luxo será tudo menos barato, já que estará disponível, nos EUA, por valores a partir de 130 mil dólares (pouco mais de 119 mil euros). Mas com a inclusão dos vários opcionais, os valores podem chegar aos 139.900 dólares (128 mil euros, sensivelmente), com 1.400 dólares (1.283€) a dizerem respeito só à taxa de entrega ao cliente.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt