Clássicos

2,3 milhões. Primeiro Ferrari 275 GTB/4 à venda

Para ler devagar: a primeira unidade fabricada daquele que foi um dos modelos de sucesso na história da Ferrari, o 275 GTB/4, vai a leilão. Intocada. E isso paga-se: entre 2,3 e 3 milhões de euros.

Autor
  • Francisco António

Nascido em 1966 e apresentado pela primeira vez no Salão Automóvel de Paris desse mesmo ano, o Ferrari 275 GTB/4 foi um dos modelos de grande sucesso na história da marca do Cavallino Rampante. Passados 51 anos sobre a sua aparição, a unidade número 1 do modelo ainda existe, intocada face à forma como saiu da linha de montagem, e vai agora a leilão. Ainda que por valores não acessíveis a qualquer mortal: entre 2,3 e 3 milhões de euros, prevê a leiloeira.

Sucessor do 275 GTB original, também ele um modelo de êxito à época, a primeira unidade fabricada do Ferrari GTB/4 vai a leilão já no próximo dia 18 de Maio, em Londres, pela mão da leiloeira Coys. A qual acredita que o carro poderá vir a ser arrematado por um valor substancial, acabando numa colecção particular.

Esta unidade permanece totalmente original, sem qualquer alteração ou adaptação posterior, mantendo, inclusivamente, o V12 3,3 litros original, conjugado com a carroçaria Scaglietti, assente num chassi com o número 08769. Esse então novo V12, com 300 cv de potência, permitia ao 275 GTB/4 atingir uma velocidade máxima de 268 km/h.

De referir ainda que, durante o curto período de existência do modelo, a Ferrari produziu apenas 280 unidades deste 275 GTB/4, facto que torna este automóvel extremamente raro – razão pela qual as previsões quanto ao valor a atingir em leilão sejam particularmente elevadas.

De Maranello para os EUA e, depois, para Suíça

No caso concreto desta unidade n.º1, começou por ficar na própria Ferrari, de onde acabou por sair para fazer parte de uma colecção privada em Illinois, EUA. A partir daí, sabe-se que foi vendida a um outro coleccionador, Alber Obrist, vindo posteriormente a ser transferida para a Suíça. A que se seguiram várias mudanças de mãos, até terminar, em 2014, na posse do seu actual proprietário. Este terá comprado o carro num leilão da Coys, precisamente a leiloeira em que delegou a responsabilidade de uma nova venda.

Envergando o tradicional vermelho Rosso Corsa no exterior e com o interior revestido a pele preta, este 275 GTB/4 permanece como uma das mais bem conservadas e documentadas unidades ainda existentes. Sendo que, no leilão do próximo dia 18, será acompanhado ainda de um Ferrari 250 GT Cabriolet de 1961, cujo valor de licitação deverá rondar os 1,7 milhões de euros, e de um Ferrari 330 GTC de 1967, que deverá ficar-se pelos 619 mil euros. É só escolher…

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site