Papa em Fátima

Serviço de entrega de flores e de colocação de velas no Santuário de Fátima já soma mil pedidos

O serviço de entrega de flores e de colocação de velas no Santuário de Fátima registou num ano cerca de mil pedidos, informou a empresa TV Fátima.

A colocação de velas varia entre os três e os cinco euros, dependendo do tamanho, os mesmos preços para as flores, caso se trate de um cravo ou uma rosa

Lusa/LUSA

O serviço de entrega de flores e de colocação de velas no Santuário de Fátima, disponibilizado na página na Internet vivefatima.com, registou num ano cerca de mil pedidos, informou a empresa TV Fátima. Segundo o departamento de comunicação da TV Fátima, responsável pelo site, a colocação de velas é o serviço mais solicitado.

Os pedidos são maioritariamente do estrangeiro, principalmente Brasil e outros países da América Latina”, refere a mesma fonte, destacando um pedido da Arábia Saudita, “eventualmente de algum português que aí reside”.

De acordo com esta fonte, “há alguns países que surpreendem pela distância, mas, por outro lado, é precisamente essa distância que dá sentido que o serviço exista”.

O departamento reconhece que este serviço, que inclui ainda o agendamento de missas na Igreja Paroquial de Fátima, este gratuito, “não é propriamente uma grande novidade, nem tem grande originalidade”, e passa por “fazer um pouco aquilo que já era feito noutros locais do mundo, sendo que o melhor exemplo será, por ventura, o Santuário de Lourdes”, em França.

Possibilita exatamente os mesmos serviços para aqueles que pela distância, por razões económicas ou de saúde não se conseguem deslocar ao Santuário de Fátima, podendo fazê-lo online“, declarou.

A TV Fátima reconhece que outras empresas já o faziam em Fátima, onde peregrina o papa Francisco na sexta-feira e no sábado, “mas há uma diferença”.

Nós quisemos fazê-lo de forma transparente, a partir de um ‘site’ que é conhecido, que tem uma morada, que está a residir em Fátima, que tem colaboradores que também estão em Fátima, que são portugueses e que estão identificados”, informa,

Por outro lado, destaca que “os produtos adquiridos para poder possibilitar esta realização são adquiridos também em Fátima”, para ajudar a economia local.

A empresa [TV Fátima] já atua há cerca de 14 anos e do contacto que foi tendo com as pessoas que com ela se foram cruzando, sentimos esta necessidade por parte daqueles que nos veem, nos ouvem, que connosco também comunicam”, acrescenta.

O departamento de comunicação frisa que a empresa não cumpre promessas.

Isso que fique muito, mas muito claro, não cumprimos promessas, não somos cumpridores de promessas no sentido que lhe é dado. Fazemos a colocação de flores, velas e orações, serviço que já é feito há muito dentro da Igreja Católica por outras entidades”, esclarece.

A colocação de velas varia entre os três e os cinco euros, dependendo do tamanho, os mesmos preços para as flores, caso se trate de um cravo ou uma rosa.

Na Internet, a TV Fátima é anunciada como “uma nova marca que pretende levar Fátima aos quatro cantos do mundo e em simultâneo contribuir para trazer mais pessoas a Fátima durante todo o ano”.

TV Fátima inclui um canal de televisão online e, futuramente, no cabo [estando na fase final de produção], a prestação de serviços como colocação de velas, flores e agendamento de missas, a realização de eventos e a divulgação de informação sobre os Caminhos de Fátima e sobre a cidade e a região”, adianta.

O papa Francisco será o quarto papa a visitar Fátima e vai presidir ao centenário dos acontecimentos na Cova da Iria. Os anteriores papas a estar em Fátima foram Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2000) e Bento XVI (2010).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

O vídeo das nossas vidas

Helena Matos
904

Beija-mão presidencial ao Papa em Monte Real. Um primeiro-ministro a brincar às amas. O país olha para o lado. E indigna-se com o "Correio da Manhã". É a propaganda, senhores. É a propaganda.

Papa em Fátima

«Temos Mãe!»

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
700

É natural que os pais se alegrem com os êxitos dos seus filhos, mas não é comum que assumam as suas culpas quando sofrem a tristeza de um filho os ferir com a indignidade de um comportamento criminoso

Felicidade

Portugal

Paulo Tunhas

Acaso Fátima, o Benfica e o “Amar pelos dois” nos vão mudar, para melhor ou para pior, colectivamente, a vida? É claro que não. E pretender o contrário é pura e simplesmente falso.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site