Logo Observador
Papa em Fátima

Veja a mensagem do Papa Francisco aos portugueses

3.334

Papa Francisco deixou uma mensagem de pouco mais de quatro minutos ao "querido povo português" em vésperas de chegar ao País, já na sexta-feira. Veja o vídeo na íntegra.

Em vésperas de chegar a Portugal, o Papa Francisco deixou uma mensagem de pouco mais de quatro minutos num vídeo divulgado esta quarta-feira pelo Vaticano onde, além de agradecer todos os convites (incluindo os muitos que não conseguiu aceitar), pede a união de todos.

“Querido povo português. Faltam poucos dias para a minha e a vossa peregrinação até junto de Nossa Senhora de Fátima. Bem sei que me queriam também nas vossas casas e comunidades, nas vossas aldeias e cidades. O convite chegou-me. Escusado será dizer que o gostaria de aceitar mas não é possível. Desde já agradeço a compreensão com que as diversas autoridades acolheram a minha decisão de circunscrever a visita aos momentos e atos próprios da peregrinação, no Santuário de Fátima, marcando encontro com todos aos pés da Virgem Mãe”, começa por dizer.

“Nas vestes de Pastor Universal com que me apresento diante Dela, oferecendo-lhe um bouquet das mais lindas flores que Jesus confiou aos meus cuidados, ou seja, os irmãos e irmãs do Mundo inteiro, sem excluir ninguém. Preciso da vossa união, física e espiritual. O importante é que seja do coração. Formando um só coração e uma só alma, entregar-vos-ei a todos a Nossa Senhora. O meu imaculado coração será o teu refugio e o caminho que te conduzirá até Deus”, salienta.

“Agradeço as orações e sacrifícios que diariamente ofereceis por mim e que muito preciso. A oração ilumina os meus olhos para saber olhar para os outros como Deus os vê, para amar os outros como Ele os ama. Venha até vós a alegria de partilhar o Evangelho da esperança e da paz. Que o Senhor vos abençoe e a Virgem Mãe vos proteja”, completa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: broseiro@observador.pt
Política

O vídeo das nossas vidas

Helena Matos
904

Beija-mão presidencial ao Papa em Monte Real. Um primeiro-ministro a brincar às amas. O país olha para o lado. E indigna-se com o "Correio da Manhã". É a propaganda, senhores. É a propaganda.

Papa em Fátima

«Temos Mãe!»

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
700

É natural que os pais se alegrem com os êxitos dos seus filhos, mas não é comum que assumam as suas culpas quando sofrem a tristeza de um filho os ferir com a indignidade de um comportamento criminoso

Felicidade

Portugal

Paulo Tunhas

Acaso Fátima, o Benfica e o “Amar pelos dois” nos vão mudar, para melhor ou para pior, colectivamente, a vida? É claro que não. E pretender o contrário é pura e simplesmente falso.