Logo Observador
Adolf Hitler

Hitler foi chantageado pelo sobrinho e essa história vai ser leiloada

127

“Porque odeio o meu tio” é o artigo que William Patrick Hitler escreveu sobre o seu tio, Adolf Hitler. Este relato, que saiu em 1939, relata uma chantagem feita a Hitler e vai agora a leilão.

O documento conta com testemunhos inéditos de um sobrinho que denuncia certas intimidades do ex líder alemão

C&T Auctions

“Porque odeio o meu tio” é o artigo que William Patrick Hitler escreveu sobre Adolf Hitler na revista Look em 1939. O testemunho inclui uma chantagem dirigida a Hitler e a revelação de que o seu avô era judeu. Agora, volta a estar à venda.

Foi em 1939 – precisamente o ano em que começou a II Guerra Mundial – que se instalou o furor à volta da publicação que envolvia a chantagem do sobrinho de Hitler e a revelação bombástica de que o avô de Hitler era judeu. Uma bomba na altura. O sucesso foi evidente, apesar de rapidamente esquecido devido ao começo da Guerra. O artigo contém mais dados, desde as más relações que tanto Hitler como o sobrinho partilhavam, até ao gozo que é feito dos gestos “femininos de Hitler”, conta William.

Pode, aliás, recordar o artigo em que contamos quem é este meio-sobrinho de Hitler e que revelações tem a fazer aqui.

O sobrinho de Hitler que se virou contra ele

Agora, esse documento pode voltar a ser lido. Isto porque um livreiro do Canadá diz ter encontrado velhos papéis da revista Look – revista onde, inicialmente foram publicados os relatos deste sobrinho de Hitler – e onde estão, precisamente, esses testemunhos.

Para o adquirir, é muito simples: só tem de ser o comprador a oferecer mais pela publicação. Isto porque o canadiano vai leiloar a revista na loja online Abebooks, pela licitação a começar nos 490 euros.

O documento, esse, conta com testemunhos inéditos de um sobrinho que denuncia certas vivências do ex líder alemão. Mas mais do que certos vícios que o führer tinha, a publicação explica ainda que este sobrinho chegou a chantagear Hitler a troco de um emprego na Alemanha. Em cheque estava a revelação de que o avô de Hitler era judeu. Teorias à parte, o documento contém o testemunho de alguém que privou com Hitler na sua residência nos Alpes Bávaros, e vem apontar vários modos como este vivia.

Quem o adquirir terá acesso a um artigo histórico que relata ainda as más relações que ambos enfrentavam.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt