Logo Observador
Literatura

Morreu o escritor brasileiro António Candido, Prémio Camões 1998

O escritor brasileiro António Cândido morreu, na madrugada desta sexta feira, aos 98 anos, anunciou a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

O velório do escritor, considerado um dos mais influentes críticos literários do Brasil no século XX, será realizado esta sexta feira.

PAULO NOVAIS/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O escritor e crítico literário brasileiro Antonio Candido, Prémio Camões 1998, morreu na madrugada desta sexta feira, aos 98 anos, anunciou a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, no Brasil.

De acordo com a mesma fonte, o velório do escritor, considerado um dos mais influentes críticos literários do Brasil no século XX, será realizado esta sexta feira, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde se encontrava internado.

O autor conquistou por quatro vezes o Jabuti, principal prémio literário do Brasil, com as obras “Formação da literatura brasileira” (1960), “Os parceiros do Rio Bonito” (1965), de poesia, e “Brigada ligeira e outros escritos” (1993), com ensaios.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt