Logo Observador
Papa em Fátima

“Quem é Nossa Senhora?” entre as perguntas mais populares sobre Fátima no Google

O peso do andor da imagem de Nossa Senhora de Fátima, o trânsito, o milagre do sol e quem é a mãe de Jesus foram alguns dos temas mais pesquisados de quarta a domingo, no Google.

PAULO NOVAIS/LUSA

Quem é a Nossa Senhora de Fátima e onde apareceu, qual o milagre dos pastorinhos, como chegar a Fátima e quanto gasta um peregrino foram algumas das perguntas feitas no Google, em Portugal, entre quarta-feira e domingo. Segundo os dados enviados à agência Lusa, no topo das questões sobre o tópico “Fátima”, os portugueses perguntaram quem era a Nossa Senhora de Fátima, onde e em que ano apareceu e se é “mãe de Jesus”.

No entanto, nas perguntas mais populares, também houve quem quisesse saber quanto pesa o andor da imagem de Nossa Senhora de Fátima, quais os segredos de Fátima, como é que se faz uma promessa e quem é que fez a imagem que está na Cova da Iria.

O dia da chegada do papa, na sexta-feira, foi aquele em que os portugueses fizeram mais pesquisas sobre Francisco, perguntando no motor de pesquisa quando chegava Jorge Bergoglio, que idade tinha e a última vez que um papa tinha vindo a Portugal, informou à agência Lusa a Google.

Já os pastorinhos, apesar de terem sido canonizados no dia seguinte, também motivaram mais pesquisas na sexta-feira, com os portugueses a perguntarem a idade com que morreram, como e quando morreram, qual foi o seu milagre e o que terá dito Nossa Senhora de Fátima às três crianças.

Sobre a canonização, os portugueses quiseram saber o que era, como funcionava, que diferença havia com a beatificação e qual o milagre que tornou Jacinta e Francisco santos. As atenções viraram-se também para o “milagre do sol”, com as pessoas a perguntarem no Google qual era a explicação científica desse fenómeno. O trânsito em Fátima, como é que os peregrinos voltavam para casa e quanto gastavam foram também outras das perguntas feitas em torno da visita do papa.

Na sexta-feira, com mais de 100 mil pesquisas, o papa Francisco foi o segundo tópico mais popular, atrás do Benfica, tendo também registado grande popularidade no dia anterior à sua visita, a 11. Já no dia 13 as atenções viraram-se para o Benfica e para Salvador Sobral que conquistou o festival Eurovisão.

A 15 de dezembro de 2016, quando foi confirmada a visita de Francisco a Fátima, entre 12 e 13 de maio, os portugueses perguntaram como se consegue uma bênção papal, o que é o 13 de outubro e como é que faz a novena a Nossa Senhora de Fátima.

Na altura da aprovação do milagre que permitiu a canonização de Jacinta e Francisco, no final de março, perguntou-se no Google qual o milagre, o que era canonizar alguém e que idade teriam os pastorinhos se fossem vivos.

Já a 20 de abril, após o anúncio de que a canonização seria em Fátima, os portugueses perguntaram, entre outras questões, onde se comprava o pendente (medalhada) “Papa Fátima 2017” e o que achavam “os médicos do milagre” que terá curado uma criança brasileira e que permitiu a elevação dos pastorinhos a santos.

O papa Francisco esteve em Fátima na sexta-feira e no sábado, durante perto de 24 horas, para presidir às cerimónias do centenário das “aparições” e à canonização de Jacinta e Francisco Marto, duas das crianças que em 1917 afirmaram ter visto Nossa Senhora na Cova de Iria.

Um milhão de pessoas presenciaram ao vivo as celebrações nestes dois dias.

JYGA // SSS

Lusa/Fim

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

O vídeo das nossas vidas

Helena Matos
904

Beija-mão presidencial ao Papa em Monte Real. Um primeiro-ministro a brincar às amas. O país olha para o lado. E indigna-se com o "Correio da Manhã". É a propaganda, senhores. É a propaganda.

Papa em Fátima

«Temos Mãe!»

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
700

É natural que os pais se alegrem com os êxitos dos seus filhos, mas não é comum que assumam as suas culpas quando sofrem a tristeza de um filho os ferir com a indignidade de um comportamento criminoso

Felicidade

Portugal

Paulo Tunhas

Acaso Fátima, o Benfica e o “Amar pelos dois” nos vão mudar, para melhor ou para pior, colectivamente, a vida? É claro que não. E pretender o contrário é pura e simplesmente falso.

Igreja Católica

O diabo existe… graças a Deus!

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
104

As nossas representações do diabo são ‘figuras simbólicas’, mas não o próprio demónio, cuja realidade e actuação são verdades de fé reveladas na Bíblia.

Fogo de Pedrógão Grande

Morrer entre brutos é triste

Alberto Gonçalves
2.101

Portugal não cede à baixa política, leia-se permite a impunidade geral. Portugal, repete-se, é uma nação muito forte, leia-se um recreio de oportunistas, desnorteados ao primeiro assomo da realidade.